quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Reading update de festas

Com a correria do fechamento das contas da Embaixada e tudo mais, quase não consegui ler recentemente... Mas acabei finalmente o "Carter e o Diabo", do Glen David Gold, um romance muito legal sobre um mágico, passado nos anos 20. E acabei lendo também um livrinho de ficção científica muito legal, "A Pegada" (Footfall) do Larry Niven... a tradução portuguesa não atrapalhou muito, e eu só me indignei quando descobri que os tradutores tugas tinham decidido dividir o livro (de 450 páginas, até bem magrinho) em 2 volumes, e eu só encontrei o primeiro! Tudo bem, foram só 180 escudos, mas sacanagem mesmo assim! Vou ter de comprar a edição americana...

Agora estou lendo "A Mulher do Viajante do Tempo", de Audrey Niffenegger... até agora, muito bom...

P.S. em 02/01/2008: Acabei de ler "A Mulher do Viajante do Tempo"... O livro é lindo... a história é muito bonita mesmo, triste e alegre ao mesmo tempo... podem ler... eu deixo ;)

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Devolve!

Eu perco cartões de banco... é um fato da vida que eu passei a aceitar... em 4 anos e meio em BSB eu perdi 4 cartões, e como morro de medo de brasileiro (ô povinho perigoso), cancelava imediatamente e pedia novos cartões...

Em Cabo Verde eu queria fazer diferente, mas estou indo pelo mesmo caminho... 5 meses, e já perdi o cartão 3 vezes... 2 na máquina e 1 vez esqueci num restaurante (no aniversário da Neda, e vieram correndo me devolver, no estacionamento, quando eu já estava pegando a estrada).

As duas vezes na máquina foram mais pitorescas... na primeira, só me toquei da besteira no dia seguinte, e fui logo ligando pro banco...

EU: Bom dia... eu perdi meu cartão e queria cancelar?
Atendende: O Sr. tem certeza?
EU: Claro, não está comigo... creio que perdi ontem...
Atendente: Mas o Sr. não quer dar uns dias, pra ver se acham?
EU: Mas é exatamente isso que eu quero impedir!
Atendente: Mas se acharem vão devolver e o senhor não precisa pedir outro, que custa 500 escudos!

E o pior é que funcionou exatamente assim... no mesmo dia fui na agência onde perdi o cartão, me identifiquei e recebi de volta.

Essa segunda vez foi bem pior... Agora que eles tinham minha confiança, eu nem esquentei quando perdi o cartão, mesmo sendo num banco diferente do meu (as máquinas são todas interligadas na mesma rede, a Vinti4 (ou vintiferrar, como eu chamo quando ela sai do ar exatamente na hora que eu preciso)). No dia seguinte lá estava eu... fui até a moça na recepção, me identifiquei e pedi pra localizarem meu cartão.

Atendente: Está aqui sim, mas não podemos entregar...
EU: Ahn?
Atendente: Não entregamos cartões de outros bancos...
EU: Hein?
Atendente: É política do banco
EU: E eu, como fico?
Atendente: Nós vamos enviar para a nossa matriz, que deve enviar para a matriz do seu banco... ai o senhor entra em contato e recupera o cartão.

Ou seja, vá se ferrar, seu João! Dia 29 de dezembro, nem ferrando eu ponho a mão nesse cartão antes de janeiro!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Update de Natal...

A festa de natal dos expatriados brasileiros em Cabo Verde foi excelente, com direito a peru, tender, lombinho, bacalhau e até amigo secreto, na casa da Sônia, lá no complexo residencial. Fomos chegar em casa mais de 3 da manhã.

Melhor momento: Toca a campainha, eu e o Ricardo estavamos esquentando a comida e ele sai pra abrir a porta (afinal, a casa é dele!). Entra uma senhora, com 3 filhos, carregando 2 ou 3 refrigerantes. Feliz natal pra todos, entrega os refris pro Ricardo, dá um abraço na Sônia e vai entrando, os meninos vão direto jogar Wii... Eu olho pro Ricardo e pergunto quem era... Ele, todo confuso, segurando as garrafas:

- Não tenho a menor idéia!

E nem a Sônia sabia...

P.S.: Não, não era uma penetra maluca... Uma das convidadas não teve ideia melhor que convidar uma amiga pra festa sem avisar os anfitriões...

P.S.2: Matando a curiosidade do FH, o Natal dos caboverdianos não é muito diferente do nosso, tem inclusive peru (que é bem comum aqui, o pessoal compra inclusive em partes (só peito, só coxa), durante o ano, pra consumo normal), mas também é mais próximo do natal português, ou seja, come-se bastante bacalhau e peixe nessa época, além dos tradicionais pratos a base de milho.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Feliz Natal para todos!

Nós só viajamos pro Brasil dia 4 de janeiro (o escravo aqui tem de fechar a contabilidade da Embaixada antes de viajar :( ), mas no período de férias deve rolar um pequeno recesso aqui no Blog... não significa que não vou postar, mas planejo ir mais devagar uns dias, pra desopilar :)

Durante nossa viagem no Brasil(3 semanas eu, 6 semanas Neda e Gui), vou tentar deixar pelo menos uns 2 ou 3 posts agendados por semana, assim não fica abandonado...

MUITO obrigado a todos que tem nos visitado, e um feliz natal pra vocês, de toda a nossa família.

Aniversário!

Hoje é o aniversário da Neda... saimos pra almoçar, o Gui foi ótimo, quietinho e muito fofo, e o almoço foi delicioso, lá no Paparokas...

Isso é uma coisa que a gente foi aprendendo aqui em Cabo Verde, que TEM bons lugares, só precisa encontrar... o Paparokas é um restaurante português excelente, especializado em carnes...

A comemoração já tinha rolado no sábado passado (quando reafirmamos que NÃO sabemos calcular quantidade de comida!), mas fomos hoje comer fora pra marcar a data... depois Neda deve postar as fotos do Gui no restaruante...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Miau-au-au

Novamente falando sobre a falta de certos produtos... só que dessa vez nos afeta bem mais... comida de gato! Eu e a Neda adotamos já a quase 5 anos dois gatinhos vira-latas, o Biscoito e o Blanquito, e trouxemos conosco pra cá... só que parece que aqui em Praia (e pelo jeito em Cabo Verde), gato não é bicho de casa... NÃO se encontra comida seca pra eles em nenhum supermercado, a quase 2 meses... e nossos estoques estão acabando... e o fato do Guilherme gostar de petiscar com a ração que ainda temos não está ajudando!

Diante do dilema, eu fui conversar com nosso vizinho que é dono de um dos supermercados, e que eu sei que tem um gatinho, o "Leão"... expliquei o problema e pelo que eu entendi, não compensa trazer ração, porque não tem saida... ele mesmo traz a areia de gato do Brasil, mas porque dessa não tem como fugir... comida ele deu um jeito! Comida de filhote de cachorro! Me deu um saco pra testarmos, e parece que foi um sucesso, os gatos comeram e aprovaram (o Guilherme ainda não, mas tenho certeza que não tarda). Dona Neda está explorando as diferenças nutricionais e tudo mais, mas eu já estou feliz em saber que eles não vão ficar com fome, e me dá tempo de comprar mais da ração certa quando formos pro Brasil em janeiro...

EM TEMPO: Os gatos continuam gordos (o biscoito um pouco mais, o blanquito um pouco menos), a comida de cachorro é um sucesso, e a filha da Sônia trouxe comida do Brasil pra eles... então devem continuar obesos :) E o Guilherme também sempre preferiu a comida brasileira...

domingo, 21 de dezembro de 2008

Peregrinação

Quem mora aqui em CV sabe que época de compras é tempo de bater perna... semana passada andamos por TODOS os supermercados de Praia (Fenícia, Hiper Compra, Casa Felicidade e Calu & Ângela) pra conseguir fechar nossa lista de compras...

E sempre falta alguma coisa... Em compensação, sempre aparece algo que você não imaginava precisar, normalmente produtos especificos, tipo chás caros, geleias, doces e guloseimas em geral, que a gente nunca veria no Brasil, mas que por qualquer motivo, aparecem aqui sem aviso... essa semana tinha geleia de menta (vencida) e Golden Syrup inglesa (tipo um mega mel de cana, que na Inglaterra se usa em trocentas receitas típicas). Agora quando pintarem esses pequenos tesouros, eu vou postando aqui...

sábado, 20 de dezembro de 2008

Greve no Galinheiro...

Sério... Aparentemente as negociações estancaram, não houve acordo, os piquetes foram montados e novamente Cabo Verde enfrenta uma greve das galinhas, com total ausência de ovos no mercado!

Eu já tinha mencionado isso antes, mas bem superficialmente... mas agora está pegando... semana passada, fazendo as compras do mês, já começamos a sentir os efeitos...

Como eu estoquei, graças à dica da Paula, não precisei comprar, MAS em pelo menos 2 dos supermercados não tinha um ovo que fosse... e sem previsão... TALVEZ na segunda quinzena de janeiro, quando começa a faltar tomate (essa dica foi do Fraser, escocês dono do café que a gente frequenta). A pergunta que está na boca do povo é: "tem ovo?"

A resposta invariavelmente é NÃO!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Mini update

Acrescentei uma barra de tópicos ai do lado, pra facilitar achar uma postagem pelo tema... A Helga estava cobrando :)

Um "quem é quem"

Eu falo de um monte de gente aqui no blog, e salvo raras exceções, nunca explico quem são as pessoas... bom, segue um "cast" do pezinho... se eu esqueci alguem, me perdôem

Em casa:
Dona Neda: "the boss lady", mãe do Gui e mulher do João Marcelo.
Guilherme: o Gui ou Mierme, nosso filho
Biscoito e Blanquito: nosso casal gay de gatos
Carla: nossa "ajudante do lar" (putz, que eufemismo mais babaca...)

Família e Amigos no Brasil:

Dona Yara: a senhora minha mãe
Dr. João Luiz: meu pai
Dona Susana: minha sogrinha "arrentina" (não que eu tenha outra, de outra nacionalidade)
Seu Joaquim: meu sogro
Jordana: minha irmã
Clarissa: irmã do meio da Neda, mulher do Thiago
Laila: irmã caçula da Neda
Thiago: marido da Clarissa, tio favorito do Gui
Cristian: padrinho do Gui, namorido da Blenda e meu assessor para assuntos em geral :)
Evandro: o Zulu, amigão da antigas de Fortaleza
José Guilherme: o famoso Lebe, parceiro do MRE e de jogatina
Blenda: minha pedagoga de plantão, namorida do Cris
Helga: irmã da Blenda, minha principal leitora :)
Estevão: um amigão lá dos meios das florestas do Pantanal, frequentador assíduo do blog e viciado em miniaturas como eu.

Na Embaixada:
A Embaixadora: nossa Embaixadora
Seu Hélio: nosso Embaixatrizo
Sônia: minha outra chefe, só que essa manda em mim no trabalho :) Nossa Ministra-Conselheira
Ricardo: marido da Sônia, Embaixatrizo Adjunto, major da Força Aérea e resolvedor de problemas em geral do complexo residencial
Gustavo: Terceiro-Secretário da Embaixada, terceiro na linha de sucessão (equivalente ao principe Henry), marido da Eliane
Eliane: Esposa do Gustavo, frequentemente fora do país...
Ariane: colega ofchan que me convenceu que CV valia a pena... chefe do setor consular
Neto: marido da Ariane, jornalista, constantemente mal-humorado :P
Denise: Achan da embaixada, me antecedeu na administração
Ana Paula e Rocha: nossos responsáveis pela comunicação... a Ana tá indo embora pra Sidney.
Paula: brasileira contratada local, da parte de cooperação
Fabrício: brasileiro marido da Paula, nosso IT de plantão
Aquiles: meu colega caboverdiano da administração e Assessor para Assuntos Africanos
Dona Maria José: Dona Mary-Joe, secretária da Embaixadora
Florêncio: o Tó... ex-taxista, irmão do Aquiles e motorista da Embaixada
Rosa: brasileira, governanta da Embaixadora, ex do Aquiles.

No Condomínio, na escola e na cidade:

Adriana: brasileira contratada da Embaixada, esposa do César e mãe do Mateus e da Carol
César: marido caboverdiano da Adriana, engenheiro e gigante...
Mateus: amiguinho do Gui, 6 anos, ligado na tomada...
Carol: irmã do Mateus, 4 anos, ligada num reator nuclear...
Nivon: brasileiro que mora no condomínio e veio abrir uma empresa em CV
Tatiana: esposa do Nivon, acompanhou o doido :)
Rita e Vanda: portuguesas, colegas de caminhada da Neda
Andrew: americano voluntário do Peace Corps, amigo e parceiro de jogo aqui em CV
Fraser: escocês dono do "Cape Coffee Company", um café onde a gente sempre vai
Ricardo: o cão em pessoa, meliante da escolinha do Gui
As Portuguesinhas: 3 irmãs portuguesas da turminha do Gui, Carolina, Catarina (gêmeas) e Joana. Moram no condominio mas estão de férias em Portugal...
As Russinhas: duas menininhas da turma do Gui, muito fofas, não falam 2 palavras de português...
Menelike: Coleguinha do Gui, fofo demais... quer vir morar com a gente...
Joana: Não é a irmã das portuguesinhas, mas tbm é portuguesa, filha do técnico da seleção de CV, estuda com o Gui e mora no condominio.
Mel: filha de brasileira e caboverdiano, amiguinha do Gui
João Matos: nosso síndico até dia 22 de janeiro de 2009... objeto da campanha "FICA JOÃO"
David: ex-porteiro empreendedor, atualmente demitido

Agora, quando eu falar de alguem, pelo menos vcs já sabem quem é...

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

O dia em que meu coração de pai se despedaçou...

Vamos sair... Guilherme, cheio de vontades, se recusa a usar a roupa que escolhemos... e recusa a segunda camiseta que pegamos tbm... a gente, já meio cansado, deixa ele ir escolher uma...

Vale citar aqui que eu torço Ceará, e a Neda é Fortaleza... o menino tem camisa dos dois times, mas acho que quase nunca usou, pq a gente guarda separado, até pra não intrigar...

Só que ninguem avisou o meliante... foi lá nas gavetas e PUMBA, catou a que queria usar...

Eu culpo a Neda, que permitiu essa indignidade, a Laila, tia desvairada, que comprou a camiseta, a presidência do Ceará Sporting Club, que TINHA de escolher preto e branco pra camisa (o menino adora vermelho, fazer o que?) e, acima de tudo, DEUS, que decidiu me punir assim...

Podia ser pior... podia ser uma camisa do Vasco... e verdade seja dita, o moleque assiste jogo de futebol gritando "Gangengo, gangengo!" e comemora gol dizendo "gol do bina!", o que ajuda a diminuir a zanga... Mas que essa foi foda, foi...

Por MUITO POUCO a previdência privada e a caderneta de poupança desse menino não viraram o "Fundo JM pra comprar uma cadeira Charles Eames e um PS3"... vai brincando, vai...

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Bloggers exilados na África, uni-vos!

Hoje conheci mais um blog legal de um brasileiro na África, o "Tá puto? Vai pra Maputo!"

Texto legal, e histórias interessantes sobre mais um país africano... (com esse já são 3 na minha lista: Angola, Moçambique e Cabo Verde).

E eu tive muito medo do correio moçambicano... Deus me livre!

Guilherme´s Deathmatch!

Sexta-feira, mais ou menos 12:20h, eu vou chegando na escolinha pra pegar o Gui pro almoço...

Antes mesmo de entrar na escola, sou abordado pela professora do menino, que normalmente é uma simpatia só, um sorrisão que só vendo, mas hoje com uma cara meio tensa... eu, como bom pessimista, me assustei logo...

EU: Pois não?
Professora 1: Senhor João, hoje aconteceu uma coisa...
EU, já meio desesperando: O que houve?
Professora 1: O Ricardo e o Guilherme brigaram, e o Ricardo deu uma mordida no Gui...
EU, menos assustado, mas intrigado: Poxa, mas a mordida foi tão feia assim?
Professora 1: Não, não foi nada demais... mas nós ficamos na obrigação de informar, não é? E eles estavam tão amiguinhos recentemente...

Vou abrir um parentese aqui pra comentar que o tal Ricardo é o arqui-inimigo não só do Guilherme, mas da meninada em geral da sala... Se o Batman tem o Coringa, e o Super-Homem tem o Lex Luthor, o moleque seria o Darkseid... os geeks de plantão vão entender...

Vale também salientar a pedagogia caboverdiana, que além de me dizer quem era o meliante (não que a gente não tivesse uma noção...), só faltou me passar o endereço pro caso de eu querer lavar a honra da familia com sangue...

Bom, de posse da informação, vou pra sala pegar o Gui... chegando lá ele chega todo animação, brincando e pulando, e quando me vê grita "Papai!" e vem me dar um abraço, com um sorrisão... é um dos meus momentos favoritos do dia...

Gui: Pai, o Ricado mordeu o Mierme!
EU, já rindo: Sério, Gui? Cadê? Mostra pro papai?
Professora 2: Não dá pra ver, é nas costas...
Eu, novamente intrigado: Nas costas?
Professora 2: Sim, olhe só... (levantando a camiseta do menino
)
(a foto é de umas horas depois, no banho do Gui...)

EU: PQP!(bem alto)
Professora 2: Olhar assustado...
EU: Como que o moleque conseguiu fazer essa merda? (Como péssimo pai que eu sou, essa parte foi meio entre o susto e o riso, e ALTO... eu fiquei tentando imaginar COMO o moleque maluco conseguiu dar essa mordida)
Professora 2: Eles estavam brincando na piscina de bolas e quando vimos, já estava... (em defesa da professorinha, atualmente, como varias crianças estão de férias, eles liberaram part-time umas professoras e estão só 2 professoras pra 7 ou 8 crianças, mas mesmo assim!)

Na boa, a Neda acha que é a escola que tem de lidar com isso, mas na minha cabeça os pais do animalzinho tem de ter alguma responsabilidade na parada tbm... Estou pensando seriamente em falar com eles...

Enquanto isso, vou treinando minha pequena maquina de matar... noções básicas de chaves e torções (que ele insiste em se enroscar e depois fica gritando "socorro! ajuda eu!") e como soltar corretamente um soco (que ele não consegue de jeito nenhum, mas de vez enquando solta uma direita matadora de surpresa). Pisada ou joelhada no saco é a especialidade dele, de preferência com salto... Pena que nenhuma dessas técnicas defenda contra a tática da mordida nas costas! Talvez o Krav Magá? Aqueles judeus pensam em tudo...

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

UPDATE "Quem são vocês?"

Queria agradecer ao pessoal que respondeu, por comentário ou email! Albuquerque, NM, em particular foi legal! Tem alguem de Alcobaça na Bahia também... que entra sempre e eu fico bastante curioso! E hoje entraram de Zurich(!) e de Buenos Aires... mas esse ai deve ser alguem da família da Neda :)

Anyway, novamente, obrigado :)

Chuta que é MACUMBA!

A Paula me contou no trabalho uma história ótima...

Aqui em Cabo Verde tem 4 tipos de brasileiros... Os que trabalham na Embaixada, os empreendedores, os que casaram com Caboverdianos/as e os crentes...

A maioria é crente... de todas as denominações e doutrinas que vc imaginar, tem aqui, e tem inclusive umas inéditas (tipo a do bispo da Universal que era chefe aqui em CV, brigou com a matriz e abriu uma igreja nova...)

Então um dos novos pastores mudou pro prédio dela... e começou a visitar geral pra conhecer os vizinhos...

Chega o pastor, com a familia toda, senta e começa a conversar... papo vai, papo vem, o cara solta:

Pastor: Pois o maior perigo que o mundo enfrenta hoje é a eleição de Barack Obama!
Paula e Fabricio: ..... hein?
Pastor: Vocês não sabiam que ele é muçulmano? (ou será mulçumano? pense numa palavrinha dificil!) Eles querem acabar com o mundo e com o cristianismo. (ou algo nessas linhas...)

Bom, depois dessa, dias depois chega a filha do cara, pra conversar, pleno fim de semana...

Filha do Pastor: Vocês viram a macumba ontem a noite aqui no prédio?
Paula: Como? Ontem eu só vi que teve uma festa aqui do lado...
Filha do Pastor: Mas você não viu as velas acesas, a comida , as pessoas falando estranho, como num culto?
Paula: Era uma festa de aniversário, e como estava sem luz, acenderam velas ao redor da varanda! (e provavelmente estavam conversando em Crioulo)
Filha do Pastor: Mas e aquele cheiro de macumba? (?!?!?)

Ainda bem que não era cheiro de tolerância... esse ela não ia reconhecer MESMO! Por sorte aqui no meu prédio o cheiro estranho costuma ser maconha :P

Novo funcionário...

Semana passada testamos um novo funcionário no setor consular da embaixada... o Sr. Guilherme...

Checando a documentação:

Entregando as senhas:

Vou recomendar a contratação... muito profissional esse rapaz...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Cheirinho "doido"...

Esse post é só pra constar... tá um cheiro danado de maconha aqui no condominio, e eu acho que vem do meu bloco!

E não é a primeira vez... outro dia, 2 da manhã, sexta pra sábado, eu assistindo televisão começo a sentir aquele cheiro enjoativo... BATATA! (ou alias, maconha!)... não quero acusar ninguem, mas putz, neguinho podia pelo menos ir fumar no telhado... assim o cheiro não invadia aqui em casa...

Nunca me senti tão de volta em Brasilia (malditos maconheiros da 104 e 108 norte!)

Quem são vocês?

Ficou meio criptico o título... uma coisa meio Babylon 5: "Who are you? What do you want?" (se você é geek, vc entendeu, se não é, vá assistir Babylon 5 , as 5 temporadas, que vc entende :)

Na verdade, esse post é porque eu comecei a ficar curioso por umas visitas que eu nunca imaginei receber... O blog é meio que uma forma de manter contato com a família e os amigos, e eu imaginei que eventualmente outros brasileiros na África me encontrariam, mas tem gente de cantos onde eu não conheço ninguem...

Tipo, quem é o visitante de Bergen, na Noruega? Ou de Paris (Ile-de-France)? Ou o do Chile, em Santiago? E os que realmente me intrigaram, Huntsville, Alabama, Olancha, California e Albuquerque, no Novo México, todos nos EUA? E mais! Saku, no Japão! Putz, e eu nem me dou ao trabalho de postar em outras linguas (inglês e espanhol vá lá, mas eu sou preguiçoso, meu norueguês é uma merda, e o japonês inexistente)

Isso sem falar dos vários portugueses... esses eu até entendo, dados os laços entre Portugal e Cabo Verde, e o blog sendo em português, mas são vários! E gente dum monte de lugar no Brasil onde eu não conheço ninguem :)

Tenho certeza que vários foram visitantes anônimos oriundos de alguma pesquisa maluca do Google, mas se algum de vocês citados cargar de aparecer de novo, dêem um sinal, deixem um comentário, mandem um email (joaomelo@gmail.com) ou algo assim... matem a curiosidade deste expatriado...

Home alone...

Eu toh devendo publicar essa história tem um tempão já, mas sempre esqueço OU a Dona Neda promete que vai escrever no blog dela e não escreve... então vou escrever eu mesmo, finalmente...

Aconteceu no dia que vieram instalar o telefone aqui em casa, e foi coisa de 10 minutos, mas 10 minutos muito engraçados :)

Eu tinha acabado de sair quando chegaram os caras da CV Telecom, e instalaram o nosso telefone em menos de 5 minutos... só que o serviço aqui ainda é meio tosco, então os caras nem bem instalaram já foram se mandando (parece que os prestadores de serviço daqui não gostam de atender mulheres, não me pergunte por que...) e não passaram maiores dados, como O NÚMERO do telefone...

A Neda decidiu ir atras deles pra pedir isso, e seguiu os caras até o corredor, só que mal saiu de casa, um vento mais forte fez a porta bater atras dela... e as portas aqui não abrem por fora... e o Gui estava dentro de casa só... (detalhe que já tinha acontecido isso, com nós 3 juntos, não faz tanto tempo... malditas portas!)

30 segundos de "ih, fudeu" e a Super Neda entra em ação... corre na portaria e pede pra buscarem a escada do condominio (uma daquelas mega dobraveis que vende pela televisão no Brasil, de aluminio, com umas 15 configurações, que no comercial só falta falar, mas na real é bem instavel e dificil de armar). Escada instalada, a Neda subiu até a nossa varanda, mas não consegue retirar a rede de segurança que eu instalei (ponto pra mim!), e chama o Guilherme...

Neda: Gui...
Gui: Oi, mamãe! Mamãe tá ai fora!
Neda: Pega a chave da mamãe em cima da mesa, Gui?
Gui: (demonstrando uma tremenda compreensão) Tá bom, mamãe... (e pega a chave, entregando pra Neda)
Neda: Vai brincar ali na mesinha, Gui... (e ele foi...)

Acontece que as portas aqui TAMBÉM não abrem se você deixar uma chave por dentro (design português, com certeza!), então a Neda não conseguia abrir a porta... E chama o Gui de novo...

Neda: Guilherme! Tira a chave da porta pra mamãe...
Gui: (girando e puxando a chave, que ainda é meio alta pra ele) Tá dura!

Uns momentos insistindo nisso se mostram infrutíferos, e lá vai a Neda pra portaria de novo... dessa vez o David (que foi demitido esses dias, segundo o blog do condominio) sobe na escada e consegue tirar a rede e entrar lá em casa...

Foi só um susto rápido, mas fiquei orgulhoso paca do menino :)

domingo, 14 de dezembro de 2008

Atrapalhando na cozinha...

Quem me conhece sabe que eu gosto de fazer bagunça na cozinha... e desde que chegamos em Cabo Verde eu praticamente não havia me aventurado por lá, por um motivo ou outro...

Aqui em Praia tem uma coisa engraçada... enquanto as vezes a gente não consegue comprar ovo, vc frequentemente encontra coisas que não se vê em todo supermercado no Brasil... Cuzcuz marroquino, mix de panquecas americanas, maple syrup e outras cositas... Dessa vez foi Cordeiro da Nova Zelândia... pernil, congelado, belíssimo... Já tinha comprado umas costeletas, e aprovei, o sabor é maravilhoso, a carne tenra demais... como o povo aqui é doido por costeletas (qualquer costeleta), o pernil acabou saindo mais barato que comprar umas 10 costeletes, e tem MUITO mais carne.

De qualquer maneira, neste sábado entrei em ação... marinei na sexta a noite, deixei descansar, e coloquei as 10hs no forno... depois coloquei umas batatas inglesas e doces, e umas cebolas pra acompanhar, e fiz um cuzcuz rápido... NOSSA! Só uma foto, nem digo mais nada...

Água, líquido maravilhoso...

A gente meio que perde a noção do quanto certas "modernidades" fazem diferença na nossa vida, especialmente quando desde que nasceu tem fornecimento constante, 24/7...

Água (e eletricidade, que já faltou mais, mas está constante esses dias) faz uma falta danada... mas agora voltou e já armazenamos o suficiente pro dia... logo com certeza não faltará mais...

sábado, 13 de dezembro de 2008

Electra, eu te odeio!

Essa semana toda foi essa palhaçada de o abastecimento ser limitado, e acabar não tendo água... hoje desde o início da tarde estamos sem...

O que mais me chateia é não poder fazer nada... mas pelo menos acho que posso ajudar na questão do carro-pipa... se não me engano, o fornecedor da embaixada entrega nos fins de semana...

Outra coisa é que a gente descobre coisas interessantes... Por exemplo, a água dos ar-condicionados tem muitos usos :P Anyway, vou me preparar pro meu banho tcheco...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Elas ADOOORAM brasileiros...

Quando fomos no cinema, a única opção de lanche lá dentro era a pipoca doce e colorida que vendem por aqui... eu não curto muito, mas o Gui gosta, e a Neda é doente por QUALQUER pipoca...

Entramos com um grupo grande, todos casais, Gui nos ombros, subimos pro balcão e eu voltei pra comprar a pipoca... o diálogo foi mais ou menos assim:

EU: Oi... quanto custa a pipoca?
Vendedora 1: 20 escudos.
EU: Queria 4, por favor...


Vendedora 2
passa quatro filtros de café, daqueles da Wallita, pra vendedora 1, que começa e encher e me passar...


EU:
Isso são filtros de café?
Vendedora 2: Sim, isso mesmo...
EU: Não era mais barato comprar saquinhos?
Vendedoras: Silêncio e cara de "hein"?
EU: Sabe, aqueles pequenos... cabe menos pipoca e deve ser mais barato... afinal, esses aqui servem pra passar café!
Vendedora 2: (Do nada) Você é brasileiro?
EU: Sou...
Vendedora 2: Eu ADOOORO brasileiro...
EU: ah, obrigado (sorrindo amarelo)

Sinceramente, sai sem saber se tinha sido outra cantada ou se era uma ironia, do tipo: Esses brasileiros malucos...

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Visitando os presos...

Quem normalmente faz isso é a Ariane ou o Brandão, mas ambos sairam de férias... então sobrou pra mim :)

Sai com o Nilton, um dos nossos motoristas, pra comprar umas frutas (os caras pediram pra Ariane na ultima visita dela, e eu tava com o sentimento cristão em dia)... 3 sacolas de frutas e pão e um pouco de queijo, meia horinha de estrada até a prisão e quase 1 hora de traficante reclamando da vida (mulas, na verdade, mas condenados ou esperando julgamento por tráfico).

Sinceramente, eu até tenho um minimo de simpatia pelos caras... presos longe da familia, época de festas, deve ser foda mesmo... mas cá entre nós, a postura dos "santinhos" não ajuda...

"O clima tá frio, queria um lençol"(?!?!), "quero mais dinheiro de ajuda", "cadê o contato com minha familia?", "dá pra comprar carne?" (?!?!?!), "vão pagar minha passagem pra São Paulo quando eu sair?", "a comida aqui é ruim" (!!!!), e por ai vai...

Se o clima lá tá frio assim, eu acho que vou me mudar pra prisão, pq mesmo o clima mais agradavel esses dias não qualifica como "frio"... dinheiro é complicado, porque a gente tem de ajudar os brasileiros que NÃO cometeram crimes também, e o resto, pô, as vezes parece que esses caras pensam que tão de férias...

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Livros...

Hoje acabei de ler o "Bem-vindo ao Clube", que comentei no último post sobre livros, e realmente gostei... bem escrito, uma história envolvente e um final "bitter-sweet"... recomendo :)

Ainda não comecei outros, mas por sorte já tenho varios engatilhados em casa, e já fiz um pedido no Brasil, pra mais um monte... Por acaso, conversando com a Sônia (minha chefe), eu comentei que achava os livros aqui caros... um livro grande, como o "Codex 632" ou o "Equador" não fica por menos de uns 3000, 3300 escudos... o que dá entre 27 e 30 euros... putz, 90 reais! Mas segundo ela, é esse o preço em Portugal e em parte da Europa... fiquei meio bolado... confesso que nunca comprei livros em Portugal, mas na Inglaterra e nos EUA os livros são BEM mais baratinhos... Na França eu não achei MUITO baratos, mas não eram esse absurdo...

Ainda bem que eu sempre tenho a opção de comprar no Brasil... senão ia ter de arrumar um hobby mais barato... tipo heroina :P (não que minhas miniaturas sejam muito mais baratas que heroina... mas pelo menos eu não preciso comprar mais... por hora...)

London, London...

Praia tá parecendo Londres...

Semana passada inteira passamos com uma névoa que envolvia a cidade toda, e clima encoberto... Agora o vento constante e frio baixa a temperatura, e as manhãs e noites estão bem frias (bom, não BEM frias, mas como as manhãs e noites do outono de Brasilia, onde dá preguiça de sair da cama e vc sai a noite com um casaquinho pra não pegar "friagem")... Não tá frio, mas tá legal...

Nunca pensei que ia morder a lingua sobre o clima daqui, mas está realmente ficando bem civilizado... estou pronto pras geadas vindouras :P

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Carla

A Carla é a nossa "colaboradora" (by Dona Yara) aqui em Cabo Verde, e já está conosco a quase 3 meses...

A Carla é prima da prima da filha da Conceição (telefonista da Embaixada), e depois de vários testes acabou ficando com a gente... Verdade seja dita, eu achei ela muito menina quando começou a trabalhar conosco (só tem 19 anos), mas é bem trabalhadeira... se a gente conseguir vencer a teimosia habitual dos ilhéus, dá pra treina-la e ter uma excelente funcionária... se a Tia Moema estivesse livre uns dias pra vir aqui e implementar seu plano de treinamento militar para empregadas e faxineiras, seria perfeito :)

Antes que perguntem, todo o resto que eu sei sobre ela é que adora filmes de terror (gosta de assistir enquanto passa a nossa roupa), escuta rádio o dia todo e tem uma filhinha 1 ano mais velha que o Gui, e come montanhas de arroz... A Neda que passa o dia com ela :P

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Campanha FICA JOÃO!

Como toda a África, a situação política aqui em Cabo Verde também pode ser um pouco instável...

Esses dias caiu o sindico do meu condomínio... Choque e desespero tomam conta da população, e um clima de incerteza nos rodeia...

E pior que caiu (na verdade, renunciou) por uma BABAQUICE de uma das condominas... Você pode até discordar das regras do condomínio, mas dai a distratar o sindico por reforça-las é de uma pequenez tremenda... Mas, como eu já disse em outros posts, o pessoal aqui adora um bate-boca...

Vou iniciar aqui a campanha "FICA JOÃO!" pra ver se sensibilizo o João Matos, nosso sindico, a ficar no cargo... sem ele tenho medo dessa bagaça ir pro buraco...

Cineminha...

Acho que já tinha falado que o cinema aqui de Praia reabriu recentemente... Ou seja, hoje Praia tem 100% mais cinemas do que quando nós chegamos :)

Fomos ontem, finalmente, conhecer o lugar... o prédio é antigo, mas bem conservado e muito limpo, e as cadeiras são como as do São Luiz de Fortaleza, ou as do antigo cinema do Conjunto Nacional, em Brasília... no geral é bem básico, mas cumpre o que promete... compramos entradas pro "balcão", que custam 350 escudos (100 a mais que a entrada pra sala normal), e não cobraram entrada do Guilherme... O filme era o novo do 007, "Quantum of Solace", e enquanto eu achei o filme um pouco decepcionante (talvez assistindo "back to back" com o "Cassino Royale" fique melhor), a projeção é bem boa, e o som razoavel, e deu pra curtir e matar a saudade de um cineminha...

Dia 25 de dezembro estréia "Body of Lies", com o Leonardo Di Caprio e o Russel Crowe...

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Diário da África

Por acaso encontrei outro blog muito legal de um brasileiro (ou português, o cara escreve sem se identificar, mas pelo linguajar parece brazuca, e pelos blogs que acompanha, tuga) na África. Chama-se Diário da África (o link já está ai do lado), e foi nele que eu descobri que HAKUNA MATATA não é só uma música do Rei Leão!

Ainda sobre tons de pele...

Esqueci de dizer que, apesar de não existir conflito étnico aqui em CV, existe muita rivalidade entre os nativos de diferentes ilhas, e em particular entre os das ilhas do norte (barlavento) e as do sul (sotavento)...

O pessoal do norte tem a pele mais clara em geral, um sotaque mais "português" e se julga mais sofisticado que os do sul... São os Sanpadjudus, ou "barrigas de batata"

O pessoal do sul se acha mais "autêntico" que os do norte, e costuma ter a pele mais escura e misturar mais palavras africanas no criolo... são os Badios, ou "pé rachados"

Na verdade o pessoal das ilhas do norte são todos descendentes dos das ilhas do sul, já que Santiago foi a primeira colonizada e sempre foi a mais populosa, e os portugueses simplesmente levaram alguns escravos pro norte, especialmente quando notaram que Mindelo, na ilha de São Vicente, era o melhor lugar pra um bom porto mercantil...

Brasil RULES!

Ontem fiz umas compras pra casa... Neda precisava de limões, e tinham me avisado pra comprar ovos pq as galinhas de Cabo Verde tem recesso de final de ano e costuma faltar ovo entre meados de dezembro e inicio de janeiro, então fui no supermercado perto de casa... o dialogo com o rapaz da frutaria foi mais ou menos assim:

EU: Tem limão? (Explicando, aqui eu sempre pergunto se tem as coisas, mesmo as mais básicas, porque se vacilar não tem. Aliás, independente da resposta eu vou e olho, porque já me deram informação errada)
Rapaz da Frutaria (RF): Tem sim, logo alí. (Apontando de forma genérica)

- Nisso eu vou e começo a encher um saco com limões verdes, aqueles de caipirinha -

RF: Isso ai não é limão, é lima...
EU: Não, isso é limão verde... lima é tipo uma laranja pequena e azeda...
RF: Não, limão é aquele ali. (Apontando pros limões sicilianos, aqueles grandes e amarelos)
EU: Isso ai é limão siciliano... é mais doce que o limão normal... acho que vcs chamam de lima, mas isso aqui é limão...
RF: ..."silêncio"...
EU: Aliás, se a gente no Brasil chama de limão, deve tá certo... afinal, somos maioria, né?
RF: Bom, é verdade...

Um dos momentos de maior orgulho de ser brasileiro que eu já tive! :P

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

No estaleiro...

Desde quarta-feira o Gui está em casa, sem ir pra escola... Mas não pensem que ele está doente... longe disso... o problema é que com o calor, a probabilidade de ter assaduras aumenta, e pra piorar as "tias" da creche não fazem o melhor trabalho do mundo limpando ele... ai já viu... Fica esses dias em casa, dá um descanso pro bumbum e volta segunda :)

E papai e mamãe vão lá conversar e explicar que se não limparem o menino direito a gente sobe nas tamancas :)

Monogamia já era...

Aqui em CV se tem uma coisa que se nota logo que se chega é a quantidade de criança... e quando se pesquisa, vc descobre que cada homem na ilha vai ter pelo menos uns 2 ou 3 filhos, e invariavelmente com mulheres diferentes... Nosso motorista aqui na embaixada tem 4 com 3 mulheres... a lenda que corre na ilha é que tem um senhor na Ilha do Fogo (nada mais "fitting". Haja fogo!) que tem 93 anos e 91 filhos, com sabe lá Deus quantas mulheres, os mais novos com menos de 10 anos (minha versão é que o velhinho toma uns chifres violentos e cria os meninos pensando que são dele, mas deixa o pessoal aqui se enganar).

Óbvio que eu quis saber a opinião da mulheres nessa questão, mas meu amigo Andrew, que tem um colega no Peace Corps que está casando com uma menina daqui, chegou antes e já tinha perguntado... questionou a noiva do amigo sobre as mulheres aceitarem essa safadeza, e a resposta dela é de uma candura danada... "Se a mulher encontra um homem BOM, que cuida dela e das crianças, vai acabar com tudo por causa de outra mulher?". E o feminismo que se FODA, né? :P

Essa postura das mulheres cria umas situações engraçadas.... numa das festas que fomos uma moça daqui, professora universitária, nossa idade, bonita, começou a dar em cima de mim na cara dura, na frente da Neda, com o Guilherme do lado... (bom, pelo menos é o que me contam Neda e Paula... eu realmente nunca saco quando a menina tá dando em cima de mim... minha tese é: "tá vestida?Então não está se oferecendo")

Segundo a Paula e a Ariane, não é NADA incomum isso… e pode acontecer o oposto tbm… Sinto informar, mas no Ceará não tem disso não… Neda manteve a classe na situação, mas eu não sou tão educado assim… Claro que seria interessante alguém me avisar que a situação está acontecendo :P

Liberdade finalmente!

Hoje FINALMENTE, depois de quase 2 meses, reabriram a estrada que liga a Embaixada ao nosso apartamento... agora a viagem de 25 minutos vira um passeio de 4 :) Isso por que parte da estrada ainda está bloqueada, e eu tenho de fazer um desvio (bem menor que o outro, óbvio), senão era só uns 3 minutos...

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Shades of Black

Quando a gente lê na midia ou nas "internets" que o Brasil é o maior país negro fora da África, vc pensa que isso é muita coisa...

De fato, eu sempre achei que morar na África não era nada de mais... afinal, o Brasil é o maior país negro fora da África...

Eu nunca tinha visto negro até morar aqui... No Brasil a gente tem mulato, e alguns negros mais escuros... mas aqui chega a ser impressionante a variação de tons de pele, desde a morena "a la" Camila Pitanga até o negro mais negro de todos os negros... sabe a piada do "só tem o branco dos olhos"? Nem isso... os negros MESMO, o pessoal do continente (por que o Caboverdiano é mulato como nós no Brasil), nem o branco do olho tem... é mais pro creme... impressionante...

Evandro, só vou te chamar de Xuxa agora... Zulu vc não é MESMO :P

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Cabeça de Ferro

Aqui na África é muito comum aquela imagem da mulher carregando um balde de água, ou uma bacia com roupas... Só que aqui o negócio é extremo... as faxineiras, pra andar 10 metros colocam o balde na cabeça... a Carla, que trabalha pra gente, colocava as roupas na cabeça e subia as escadas... e hoje eu vi uma senhora com um butijão de gás! Fico imaginando qual a próxima... Talvez o cara DESTE VÍDEO venha dar umas aulas aqui...

Música

As músicas típicas de Cabo Verde são muito parecidas com as do Brasil... de fato, várias são quase idênticas... o Funaná lembra muito o forró, especialmente o "forró eletrico" mais moderno, com guitarras... a Morna lembra um samba de raiz, mais cadenciado, e o batuku parece um ensaio da timbalada...

Mas o que eu queria falar mesmo é das músicas de sucesso aqui... tem a "Rapaz 100 Juiz" que faz aqueles raps meio mela-cueca, e tem uma tal de Maisa, que canta uma música chamada "Sukus" com um cara das Antilhas, o Dr. Sakis (o mesmo das bailarinas DESTE POST), e tem outras que não me vem a mente agora... Algumas são muito boas, outras são engraçadissimas... Eu e a Neda ainda vamos ter de sair um dia desses pra ir num show...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Excelente leitura

Coloquei aqui do lado o link pra o blog de uma voluntária do Peace Corps aqui em Cabo Verde, a Alex Alper... os textos dela são muito informativos sobre as ilhas e o povo daqui, e ela escreve muito melhor do que eu, então vale a leitura :)

LINK DIRETO

Mudança de Visual

Fiz umas pequenas mudanças na organização da página, e adicionei "tags" a todas as postagens antigas... agora basta clicar nas palavrinhas sublinhadas debaixo das postagens que vcs podem ver todos os outros posts sobre o tema...

Good hunting :P

Pra minha principal leitora :)

Helga,

Seu email foi lido, e as sugestões muito bem vindas... eu precisava mesmo arrumar isso aqui... alias os "tags" eu já deveria ter posto, mas vivo com preguiça de fazer retroativamente... NO MORE... começarei hoje :P

sábado, 29 de novembro de 2008

Beneficência...

Hoje dona Neda e eu fomos num jantar beneficente, que a Neda e a Eliane, esposa do Gustavo (Terceiro Secretário lá da Embaixada) ajudaram a organizar por que a gente não tem embaixatriz aqui (e por qualquer motivo, o seu Hélio não gosta de ser chamado de embaixatriz, vá entender...).

Bem legal, comidas tipicas de todos os países presentes, encontrei o Pablo, pai da minha prima Estela, que trabalha na Embaixada da Espanha, e boa companhia... mas overall, foi meio Funai... bandas de criança tocando, MUITA gente... cansativo paca...

O Guilherme nem se tocou que ficou quase 4 horas sem papai e mamãe, brincando na casa da tia Adriana :)

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Reading Update... com atraso!

Andei lendo bastante, mas infelizmente sempre esquecia de postar aqui...

Terminei de ler "Os Saqueadores", de Iain Lawrence, que já tinha comentado aqui, e é um livrão... o final deixa um pouco a desejar, falta tensão, mas o livro em si é muito bom...

Desde então eu li outro do Capitão Alatriste, "O Sol de Breda", do Peréz-Reverte, novamente excelente... imagino que em espanhol deve ser bem interessante de ler, com a linguagem que o cara usa, e as descrições... alias, vimos o filme, que em menos de 3 horas tenta acochambrar uns 7 livros... cansativo demais...

E li também "O Sétimo Selo", de José Rodrigues dos Santos, o mesmo cara do "Codex 632". O cara confirma que é um Dan Brown dos pobres, mas em muita coisa mais competente que o original... Só falta mais ação e conclusão... a história sobre um bando de cientistas perseguidos pela industria do petróleo é legal, mas termina o livro e vc fica " e ai...?"

Depois foi "Rio das Flores", do Miguel Sousa Tavares, o mesmo de "Equador"... é muito bom, e eu gostei até mais que o outro... apesar de todo mundo gostar mais de "Equador". Nada a ver a história com o primeiro livro, esse conta a história de uma familia do Alentejo e as transições que Portugal, a Europa e o Mundo passaram entre a primeira e a segunda guerras... e tem Brasil no livro :)

Ai comecei "Absurdistão", de Gary Shteyngart, que é uma sátira sobre a vida na Rússia depois da queda do comunismo, pela visão de um judeu russo educado nos EUA, viciado em comida e rap, que quer voltar pros EUA mas não consegue por que o pai é da máfia local... hilário.

E ontem terminei "As Incriveis Aventuras de Kavallier e Clay", do Michael Chabon, FENOMENAL... uma história de dois primos judeus que criam um personagem de histórias em quadrinhos de sucesso, e que começa na Tchecoslovaquia e termina nos EUA, entre 1937 e 1954. O pano de fundo é a grande guerra e as mudanças na sociedade americana durante e depois do conflito... lindamente escrito, recomendo pra quem quiser...

Comecei ontem mesmo "Bem-vindo ao Clube" de Jonathan Coe, sobre um grupo de jovens em Birminghan (Inglaterra), na década de 70, e passando pelas mudanças do período (a força dos sindicatos, os conflitos internos, o IRA e a subida ao poder da Thatcher)... parece muito legal...

Warhammer e Necromunda!

O Andrew andou aqui por Praia fim de semana passado (ele mora em Assomada) e jogamos a segunda partida de Warhammer da história do Noroeste da África... outro empate, mas um jogão... no final ele tinha 2 unidades na mesa, e eu umas 6, mas como os caras dele são carissimos e mega-fuderosos, deu empate nos pontos :P

E ainda deu pra jogar uma partidinha de Necromunda! Quanta saudade... Necro ainda é o melhor jogo da GW EVER! Ou, como o Andrew descreveu tão bem, "um jogo onde vc erra mais que acerta" :P

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Habemus TV a Cabus!

Post atrasado pra caramba, mas nossa TV a Cabo, por satélite, está instalada e funcionando bem :)

Admito que quem estava mais desesperado era eu... apesar de ainda ter filmes de sobra, eu sentia falta das minhas series e dos telejornais...

Depois de muita pesquisa, decidimos pegar a TV a Cabo portuguêsa, que, apesar do péssimo atendimento (me entregaram a caixa e um "boa sorte", eu que me virasse pra instalar), é a que tem melhor qualidade de imagem e variedade de canais... Em fim, temos uns 200 canais, TV Globo Internacional, canais de filmes, disney chanel pro Gui, entre outros...

Pelo menos uma coisa é melhor que no Brasil... Não tem NOVELA! E a FOX (todos os 5 canais - FX, Fox, Fox Life, Fox Crime e Fox Extreme) são legendados! Fora que passa Dexter, House, CSI e varios outros seriados bons em horarios decentes :) Tenho de organizar minha programação...

Os vizinhos devem estranhar minhas gargalhadas absurdas nos mais variados horários, mas o sotaque portugues, especialmente em desenhos animados, é uma incessante fonte de divertimento pra mim!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Cores de Cabo Verde, Parte 2

Um tempão atrás eu tinha prometido umas fotos das casas absurdamente coloridas daqui... A verdade é que eu fiquei com preguiça de ir no bairro novo (Cidadela) pra tirar fotos, pois lá é onde as maiores bizarrices estão... O nosso bairro (Palmarejo) é meio metido a besta, então as casas são mais discretas... e mesmo assim tem as mais malucas... fotos a seguir: (essa primeira é campeã!)





Roupas!

Como prometido, aqui vão algumas fotos das roupas africanas disponiveis no Sucupira... eu sei que o Evandro quer uma, e que o Cris vai ganhar uma, independente de querer :P. Infelizmente eu esqueci de tirar fotos dos bubus (foi mal, Blenda). Mas já dá uma ideia...






Essa última é com detalhe em pano de terra, bem típico aqui de Cabo Verde, e eu acho bem legal, apesar de ser um pouco mais cara que as outras... desse estilo eu devo comprar umas pra mim :)

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

PLUSH!

Por qualquer motivo eu já devia ter falado sobre isso e esqueci... mas uma das coisas que eu acho bem engraçada aqui é a mania de muitos motoristas de colocar uma pele falsa, normalmente cinza, mas muitas vezes bem colorida tbm, no painel do carro... tem alguns mais discretos, e colocam tipo um veludo, mas a grande maioria parece aquele pelo bem longo de bicho de pelúcia, e varias vezes poem na parte de trás do carro tbm...

Eu já vi de varias cores, azul, verde, vermelho, rosa, além de preto, cinza e marron... e o imbativel "oncinha"...

A versão oficial é que serve pra proteger o painel do carro do calor. Mas não era mais facil por Insulfilm?

Os quatro patetas

O nosso apartamento foi entregue sem os espelhos do banheiro... e eu já comentei como é dificil comprar espelho aqui... mas finalmente o problema foi resolvido... encontrei uma empresa que faz os espelhos sob medida, e saiu mais barato do que comprar pronto... perfeito... encomendamos 3 espelhos de 40cm x 60cm e uma pequena prateleira de vidro... mais ou menos 1 semana depois entregaram...

O detalhe é que eles mandaram QUATRO caras pra entregar e instalar isso... eu tinha acabado se sair de casa, mas imagino a cara da Neda... tipo, 2 pra segurar o espelho, um pra operar a furadeira e o quarto cara era o que, o técnico?

Eu ainda vou dar uns cascudos nesse menino...

Guilherme cada dia mais abusado... ontem saimos pra jantar e ele veio com uns papos estranhos... como a Neda escreveu sobre isso, eu não vou reproduzir aqui, mas leiam lá no BLOG dela :)

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Feijoada e Quinta da Montanha

Esse fim de semana foi bastante animado... sábado fomos numa feijoada na casa da Ariane (Neto está de parabens, excelente feijoada) e domingo fomos num restaurante na serra, a Quinta da Montanha, que serve uma comida bem típica, daqui e de Portugal... e a vista é deslumbrante... tiramos várias fotos, em breve vamos ver de postar ai :)

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Olha o PODER chegando...

Hoje, de repente, entra a Ariane na minha sala:

Ariane: Parabens... Vc agora é Vice-Consul!
Eu: Hein?
Ariane: É, acabou de sair o telegrama...
Eu: Putz, legal, né?

E eu nem trabalho na area consular! Meus novos poderes incluem poder autorizar vistos (bela merda) e poder assinar oficialmente pela Embaixada (bela merda, eu já fazia isso como chefe da administração, na cara dura).

E no contracheque, nada? Isso mesmo... nada :P Mas pelo menos eu fico mais interessante pra corromper, né? Não que eu VÁ me corromper, mas é bom saber que agora algumas pessoas teriam motivo pra tentar :P

E agora as mulheres não vão mais chegar em mim só pelos meus belos olhos verdes e meu físico de Adônis... Jovens estudantes caboverdianas já podem tentar se oferecer em troca de vistos e programas de bolsas de estudos no Brasil, como já é praxe nos serviços consulares dos EUA e do REINO UNIDO... Dona Neda vai reclamar :P

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

CU...ração

Hoje no rádio vinha escutando a "Praia FM", levando o Gui pra escola, e de repente entra no ar uma baladinha agradavel, falando sobre um anjo... quando fui bruscamente lembrado da tendencia lusitana de pronunciar O como U, especialmente no meio das palavras:

"Anjo meu guardião, tomas conta do meu cu... ração"

E eu aterrorizado que o menino cantasse junto... De hoje em diante, só CD no carro :)

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Disputado

Eu e Neda fomos no tal Sucupira, a Feira do Paraguai local... Bem interessante, até mais agradavel que a feira de Brasília, e com muita coisa legal... mais tarde tentarei postar os trajes nupciais que selecionei pro Cristian e pra Blenda... coisa fina, tudo do Senegal...

Mas o mais legal foi a minha chegada... quando entrei na ruazinha lateral perto da entrada, parecia que tava entrando nos boxes da Formula 1... uns 10 caras sinalizando pra que eu parasse ALI (no caso perto dele). Eu, que não tinha ideia do que se passava, não dei muita atenção e escolhi um lugar perto da entrada e na sombra, óbvio...

Antes de abrir a porta tinha 10 negões cercando o carro, na minha janela e na da Neda, falando alto e rápido... quando finalmente eu entendi que eles queriam lavar o carro, que realmente estava bem sujinho. Mas como é que eu organizo isso agora? Olho meio desesperado pra Neda, que já estava fechando a cara, e ela diz: "se ficar essa bagunça, vamos embora!"

Eu abro o vidro e pergunto de quem é a vaga... um dos caras se apresenta, eu aviso que ele lava o carro, e, pra variar, metade dos caras ainda quer debater a justiça da minha escolha!

Entramos na feira, e ainda estavam discutindo entre si... quando saimos o cara fez questão de me mostrar o serviço, e segundo ele "eu decidia quanto valia". Dei 500 escudos e fui embora, não sem antes o cara me pedir pra voltar sempre e se apresentar como o "Zé Chapa Brilho"... depois me toquei que Chapa aqui é lataria e brilho é lavagem... Zé Lavador de Carro!

Pelo direito de bater boca....

Desculpem ai a ausência, mas as vezes tenho de trabalhar :P

Anyway, esses dias andei observando um dos hobbies mais comuns em Cabo Verde, e notei que NÃO tinha falado sobre isso ainda...

O pessoal aqui adora um bate boca... não importa o lugar, se vc está certo ou errado, se tá com pressa... se aparecer uma chance de bater boca, já era...

O caso do meu pneu foi quando eu primeiro notei esse "trend" local... o safado do borracheiro tava me roubando, SABIA que tava me roubando, foi pego no ato de me roubar, e ainda queria discutir... não se defender, veja bem... queria discutir mesmo...

Ontem estava saindo da Embaixada e tinha um babaca estacionado dentro de uma caminhonete, acho que esperando alguem... a rua está em obras, então são 2 vias em uma, fluxo de avenida, e o cara lá, lindão, bloqueando o transito. E tome buzinada, xingamento, ameaças, e o cara nem ai... finalmente uma guarda chegou e foi falar com o cara... e ele foi discutir! Precisou a mulher multar o infeliz pra ele mexer o carro!

Hoje de manhã, um taxista estava discutindo com 2 policiais quase em frente da Embaixada... não sei o motivo da discussão, mas tava acalorada, e o taxista obviamente NÃO tinha como ganhar essa, mas mesmo assim bateu boca...

Então, eventuais visitantes, vcs já sabem que é bom vir preparados :P

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Ainda sobre o Obama...

Pouco mais de quatro anos atrás, eu ainda um recém-chegado em Brasília, estávamos conversando Eu, Cristian e José Guilherme (o popular Lebe), na época da reeleição do W...

Na noite anterior, tinha passado na CNN a convenção do partido Democrata, e nós, três desocupados (bons tempos do MRE), estávamos conversando as chances do John Kerry, e lembramos de um jovem senador de 43 anos, negro, com nome engraçado, que fez um DISCURSO IMPRESSIONANTE!

Cristian vira pra gente e diz: Esse cara vai ser o próximo presidente dos Estados Unidos!

Óbvio que a gente não sabia com certeza quem era ele, e na época só se dizia que, com a derrota do Kerry, era a vez da Hillary, mas pense ai numa profecia! Eu confesso que eu (nem o Lebe, acho) não acreditava que os EUA estivessem prontos pra votar num cara com o nome de BARACK HUSSEIN OBAMA, mas fico satisfeito de estar errado :)

Profeta Cris, seis dezenas agora, por favor...

Não resisti, de novo!


Eu também!

Blog do Condomínio

Adicionei ai do lado o blog do nosso condomínio, o MIRAMAR

É mantido pelo João Matos, nosso sindico, e é bem interessante :)

E não é que o Obama ganhou?

Porque, verdade seja dita, seria uma supresa os Republicanos elegerem até um sindico ou fiscal de quarteirão ontem, depois da lambança do W.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Tinha de postar aqui...


Não se preocupem... Guilherme está seguro :P

domingo, 2 de novembro de 2008

Home Entretainment!

Ontem ligamos o computador na televizão pra assistir House e a segunda temporada de Dexter...

NOSSA! Por que eu nunca tinha feito isso antes? Imagem perfeita, 42 polegadas, pra ver o que eu quiser! Então pergunta pros meus acessores de novas tecnologias... Cris, Thiago, Evandro... Qual era um bom esquema de computador pra ter na sala? Parece que já tem umas CPUs próprias pra isso, né? Please, insights...

sábado, 1 de novembro de 2008

Sambala!!!!

Sambala é o nome de um Resort aqui perto, na praia de São Francisco... é um empreendimento gigantesco, com casas e apartamentos, na maior parte comprados por ingleses (mas também por alemães, portugueses e outros) para serem alugados, num esquema meio flat/time-share...

O lugar em si é MUITO bonito, bem cuidado e quando estiver mais verdinho (tudo começou a ser plantado agora) vai ser realmente lindo... mas eu me questiono aqui a viabilidade do empreendimento....

Explico... são 15 kilometros de Praia, que demoram quase 40 minutos pra serem percorridos de carro... A estrada é terrível, apropriada para 4x4. É verdade que acabou de abrir, ainda no esquema "soft opening", só pra treinar o pessoal, mas deve abrir 100% em dezembro, quando os donos devem querer fugir do frio europeu... Até lá a estrada deve estar pronta, segundo prometem os responsáveis, e eu estou inclusive pensando em irmos passar o reveillon lá...

Mas durante o resto do ano, quem vai utilizar um empreendimento daquele tamanho? Eu ainda não vi Praia como um grande destino turistico, a infra-estrutura de São Francisco não acompanhou ainda o Sambala e sinceramente, é imenso... atualmente tem capacidade pra 1500 pessoas, e deve eventualmente, quando as 4 fases do projeto acabarem, ai por 2020, ter capacidade pra 6800 hóspedes, com geração própria de energia e água. Claro que ninguem investe no escuro, mas eu tenho cá minhas reservas, apesar de torcer pelo sucesso...

Putz, se estivesse 100% implementado, com estrada boa e tudo, os 9 restaurantes internacionais, mais lojas e mercados, eu tava morando lá... em apartamento ou casa mobiliada, com luz, internet e água garantidas, pagando pouco mais do que pago aqui...

Várias teorias...

Neda e eu estamos divergindo sobre a origem dos tais "nomes de casa" do povo aqui de Cabo Verde.

Ela acha que seria uma resposta a cristianização forçada, e que originalmente os nomes seriam simplesmente os nomes africanos, em oposição aos "nomes da igreja". Eu não sei... nunca encontrei ninguem cujo nome de casa fosse "Mutombo" ou "Sambulu"...

Eu ainda acho que, como Cabo Verde ERA Portugal até 1975, então tinha (vai ver ainda tem) lista de nomes aceitos pra registro E pelo fato de serem quase todos decendentes de escravos os sobrenomes são poucos, os nomes são só um jeito de diferenciar-se no meio de vários homonimos...

Any thoughts?

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Ainda sobre os nomes...

Tem um tempo que eu queria escrever sobre o esquema nome da igreja/nome de casa, mas sempre esquecia... mas o Rodrigo e a Helga perguntaram no blog da Neda sobre a confusão que isso gera e eu tinha de acrescentar algo ao debate :)

Sim, dá uma confusão danada... vale lembrar que até uns 10/15 anos aqui era como Portugal, e todo mundo tinha nome normal (Manuel, Joaquim, Raimundo, José, Maria, Rosa, Aparecida, Ana, etc...), salvo um ou outro cujo pai ia morar/tinha morado nos EUA e ficava criativo...

E como isso aqui é uma ilha onde quase todo mundo é primo, tem um número limitado de sobrenomes... A família Pina, por exemplo, é IMENSA! Ou seja, poucos nomes e sobrenomes geravam uma multidão de homônimos. José da Silva é piaba perto daqui... O tal "nome de casa" é essencial pra reconhecer as pessoas.

Então, quando você lê no jornal o obtuário do pessoal mais velho, é MUITO interessante, por que é algo como: "Faleceu Maria José de Pina, conhecida como Nhá Coquete, esposa de José Maria de Pina, conhecido como Nhô Pimpão e mãe de Antônio de Pina e Ana de Pina, e que trabalhou muito tempo na funerária Descanso Eterno e morava na casa amarela na rua por trás da Venda da Dona Aninha, no bairro do Plateau, Ilha de Santiago, Praia. Missa amanhã as 9:00h"

Parece exagero, mas eu vou pegar uns que eu tenho por aqui colecionados e posto depois...

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Nomes em Cabo Verde

A Neda aproveitou pra explicar hoje no BLOG DELA a questão dos nomes aqui em Cabo Verde... resumindo, quase todo mundo aqui é super-herói, e tem uma identidade secreta... leiam lá!

Fininha 2, A Missão!

Como já comentei, rolou um desconforto aqui em casa, por conta de uma comida requentada... A Neda já se recuperou, mas eu tive de ontem pra hoje uma noite de rei, e acabei não indo trabalhar hoje....

Sabe aquela piada bem velha do "qual a coisa mais rápida que existe"? Realmente não é nem a luz nem o pensamento...

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Minha internet é do caralho!

Desde que instalaram, eu tava usando pouco, por que passo o dia no computador no trabalho e não tinha saco de ficar em casa também. Mas esses dias decidi atualizar o antivirus e voltar a fazer meus downloads de lei... (falando nisso, Cristian, vc ainda tá lendo "The Walking Dead"? WOW! Fenomenal!)

Anyway, fui baixar o novo anti-virus... 50 megas! Pra minha surpresa, o download durou menos de 1 minuto e meio! Tava baixando acima de 500kbps o tempo todo! E meus downloads, que normalmente demoram, tavam chegando na metade do tempo, no Emule, que é uma plataforma mais lenta! Nada mal mesmo, provavelmente bem mais de 2x mais rápido que meu pacote de 2 megas no Brasil (que seria a velocidade contratada aqui tbm)... Fale o que quiser de CV, mas a Internet é bem rápida.

Black Hawk Down!

Eu e a Neda estamos baqueados... e por nossa culpa! Também, quem manda comer no jantar o almoço de 2 dias antes, especialmente quando o almoço era macarrão com salmão (PEIXE!) e queijos (LATICINIOS!). Basicamente as duas coisas mais certas pra estragar rápido e deixar alguem no estaleiro.

A Neda dormiu e amanheceu mal, eu só fui ficar mal depois do almoço (Alias, que almoço? A cheiro da comida me deu nauseas e eu preferi nem comer). Agora ela está melhor, mas eu ainda estou bem tonto e com dor de cabeça... :(

terça-feira, 28 de outubro de 2008

As cores de Cabo Verde

Aqui em CV eu já reparei que a disponibilidade de tintas de parede não é muito grande... Não existe um catalogo gigantesco da Suvinil ou equivalente, com N tons de Branco e X tons de amarelo... O que se vê muito são galões de tinta branca e corantes variados, ou no máximo as cores básicas prontas. Então neguinho compra branco e corantes, começa a misturar e haja imaginação!

Isso resulta numa explosão de cores nos bairros mais novos que parece um cruzamento de escola de samba com passeata do orgulho gay, liderado pelo Joãozinho Trinta depois de tomar umas doses de LSD. No Palmarejo, onde moramos, é um caso sério... tem casa roxa beringela, amarelo ovo, verde bandeira, vermelho calcinha-de-puta e azulão, e quaisquer variações dessas cores que nossas mentes doentes consigam imaginar! Isso quando a casa não pega 3 ou 4 dessas cores e mistura tudo... colunas amarelas, paredes roxas e janelas azúis! Eu já vi... breve fotos

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Transação suspeita

Quinta-feira, 15:30h, um terreno baldio nos arredores da feira de sucupira....

Um pequeno grupo (2 homens e 3 mulheres) se aproxima de um senhor de meia idade. Reproduzo a seguir parte da conversa:

Lider do grupo (LG): Tudo bem? E o produto está bom?
Senhor de Meia Idade (SMI): Está ótimo, precisam de quanto?
LG: Um segundo... (virando para o grupo) - Vocês querem o que? Precisa de quanto? (virando de volta pro SMI) - Olha, vão ser 7, e o que chegou de novo?
SMI: Olha aqui... chegou ontem... quer um pouco?
LG: Esse é do bom mesmo?
SMI: É do melhor... melhor que esses só o angolano, e nessa época do ano vc já sabe...
LG: Eu não quero, ainda tenho em casa do angolano... (para o grupo) - E vocês? (para o SMI) - Olha, fecha um pacote ai pra eles...

A conversa continua, e apesar do tom escuso e do local estranho, era nada mais que eu, o Ricardo (o tal lider do grupo), Paula, Rosa e Adriana comprando carne com o Timóteo, o atacadista que atende quase todo o mercado da cidade...

O local é bem estranho, um monte de containers refrigerados no meio de um descampado, e o Timóteo não gosta muito de vender de pouco, mas ficou amigo do pessoal da Embaixada e vende pra gente... é a melhor carne que se encontra em CV (carne brasileira!) e tem garantia de estar congelada o tempo todo (os supermercados aqui as vezes desligam as geladeiras a noite...), além de você poder escolher as frutas antes dos mercados. Gastei 85 euros em carne e frutas, mas estamos garantidos por mais de um mês, e ainda comprei 2 kilos de camarão tigre dentes-de-sabre gigante do Vietnã... bonito mesmo, imenso (só é menor que o angolano), e segundo me contam, pescados um a um por monges cegos naquelas ilhas do litoral, onde fazem os filmes do 007 e aquele do Di Caprio, "A Praia". (OK, eu estou inventando isso... mas que são uns belos camarões gigantes, isso são!)

domingo, 26 de outubro de 2008

Video do apartamento

A Neda postou no blog dela, o CASINHA DE SAPÊ um video do apartamento como está agora... bem legal, e bem completo :) Deem uma olhada e comentem a decoração :)

Para ir direto pro post do video é BASTA CLICAR AQUI

Nosso endereço no Google Earth!

E na terra mesmo, por que não dizer... nossas coordenadas são 14º54'20.01" Norte e 23º31'40.71" Oeste

A foto de Praia é um pouco antiga e subiram várias construções na area desde então, mas o condomínio está lá :)

Primeira partida de Warhammer no noroeste da África!

Ontem veio aqui em casa o Andrew, um colega americano que está em Cabo Verde com o Peace Corps. A gente tem o mesmo vício, miniaturas, e ele trouxe as dele pra uma partida... Deu empate, mas valeu pela experiência :)

Agora com fótio!


sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Reading update...

Li dois livros legais, e comecei um terceiro que promete...

Bastidores da Diplomacia: O Bife de Zinco e outras histórias - Guilherme Luiz Leite Ribeiro - O livro em si pode ser um pouco cansativo, pois o autor em alguns momentos cai na armadilha de citar trocentos livros e "palestrar" sobre a natureza da diplomacia, mas vale pelas histórias no final (e as vezes dentro) de cada capítulo... podia ter sido menos inocente, e ter histórias mais recentes, mas me fez rir alto em vários momentos...

Limpeza de Sangue
- Arturo Perez-Reverte - Mais uma aventura do Capitão Alatriste... excelente como sempre :)

Estou lendo agora Os Saqueadores, de Iain Lawrence... o livro tem uma coisa de Ilha do Tesouro que eu estou adorando... ganhou um monte de prêmios nos EUA, e é dos mais indicados pra leitores jovens... eu estou achando violento e sômbrio pra caramba, e adorando :)

Habemus Internetum!

Estamos com internet desde quarta-feira! Viva! E ontem fiz o upgrade para o plano mega-power-plus da CV Multimédia (é assim que escreve mesmo, eu também estranhei). Pra se ter uma ideia, em casa eu tenho a mesma capacidade de internet da Embaixada toda...

E olha que a Embaixada ficou mais de 2 dias sem internet essa semana :)

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Update do pneu (ou, O PIOR Borracheiro do Mundo)

Deixei hoje de manhã o carro no posto aqui perto da Embaixada, mesmo lugar onde tinha consertado o pneu no domingo, e aparentemente tudo ia bem... explico que trabalho na embaixada e peço pro tio me chamar quando terminar o serviço, pra que eu pagasse.

Anyway, 11:15 me chamam, e eu vou com o cara ver o carro... no caminho (uns 50ms ) ele fala que tinha achado melhor colocar uma câmara de ar no pneu, por segurança, mas que tava perfeito agora. Beleza... pago o serviço (2500 escudos, incluindo câmara, conserto e lavagem, contra os 500 que eu tinha pago no domingo) e pego o carro pra deixar perto da embaixada... saindo do posto noto um barulho, volto e comento.

O cara entra embaixo do carro e sai com uma pedra, que segundo ele deve ter ficado presa em cima do protetor de carter. Ótimo... vou saindo e o mesmo barulho... coloco o cara dentro do carro, ele constata o barulho e pede pra irmos no outro posto, pois aquele não tinha a maquina pra levantar o carro.

Chegando no outro posto, eu olho melhor o pneu e noto que a calota tá solta, retiro a bendita e noto que o pneu em questão está quase solto, pois o FILHO DA PUTA não tinha apertado os parafusos! Isso quase na hora do almoço! E se eu tivesse posto o Guilherme no carro, e a porcaria da roda tivesse saltado fora?

Óbvio que eu soltei os cachorros no cara, e ele só pedindo calma... aperta os parafusos e a gente volta pro outro posto pra ele trocar as rodas e fechar o serviço. Ai ele pega a roda certa e pede uns momentos... e sai com ela! Ai pega a outra e mesma coisa... eu me emputei e sai atrás, e ele explica que ia por ar não sei aonde...

Pra resumir, o cara me cobrou o serviço sem fazer NADA, não pos câmara de ar nenhuma, tinha posto o pneu furado no porta-malas e tava tentando me enrolar... eu inchei pra cima do sacana, e quando peguei o telefone pra ligar pra polícia o cara começou a falar fino, devolveu o dinheiro e começou a culpar o outro borracheiro, que tinha consertado o pneu no domingo!

Juro que se tivesse uma arma eu tinha posto essa tal imunidade diplomática a prova...

Detalhe... levei o pneu no outro serviço de borracharia que tem, MUITO bom, todo mecanizado, o conserto ficou ótimo e paguei 350 escudos!

O maior número de brancos reunidos no mesmo canto que eu já vi em CV

O título diz tudo! Segue a foto.

Pracas de Kabu Verdi - parte 2

Essa primeira eu tive de tirar a foto... 5 palavras, 2 erros de gramática e 1 de concordância! Fora de série! Mas as mochilas eram até bem legais, e baratinhas mesmo :P

Essa segunda é mais uma da campanha do Governo contra a SIDA (Aids). Não tem nada errado nela, mas eu adorei a pose da moça, e a cara de mistério: "sim, eu me testei e agora sei se tenho SIDA, OU NÃO! Wanna try your luck, big boy?"

Reduzindo a temperatura do processador

Sábado eu fui cortar o cabelo, mas tava TÃO quente que eu não resisti e mandei tirar tbm a barba.

Antes:
Durante:
Depois:

Trabalhos forçados (com vídeo!)

Decidimos que o Guilherme tem de começar a ajudar no orçamento de casa. Como ele não tem nenhuma qualificação (fora ser fofo, mas isso tem pouco uso no mercado local), consegui pra ele um emprego carregando pedras, pagando salário mínimo. Fotos a seguir:

Agora o vídeo:

Pneus furados...

Eu já comentei em outros posts que Praia está um canteiro de obras, e acho que já falei tbm que as ruas aqui não são as melhores que eu já conheci, mas até agora tava tudo bem...

Só que de sábado pra hoje já tive 2 pneus furados... parece que as boas vindas acabaram :P

O primeiro foi vítima de um prego insidioso que não só furou, mas dobrou-se e furou de novo a borracha... 1 prego, 2 furos! Foto do meliante abaixo:

O segundo eu desconfio que pode ter sido um péssimo reparo, pois o mesmo pneu esvaziou 2 dias depois...

Anyway... acho que agora vai :) O curioso é que o furo do pneu também marcou meu primeiro bate boca feio em Cabo Verde... depois de reparado o pneu entrei na fila pra calibrar, e quando finalmente está chegando minha vez, um doido chega com o carro, avança por fora da fila, vai pegando o calibrador e, "ajudando", calibra o meu pneu. O borracheiro tenta pegar o calibrador pra igualar os outros três e o cara não deixa, diz que tá com pressa e vai calibrar o dele. Sol quente, domingo perdido, pouca paciência, baixou o Capitão Nascimento em mim... tomei o calibrador, entreguei pro borracheiro e disse umas poucas e boas pro cara sobre esperar na fila, entremeados por uma gama de palavrões digna de um bom marinheiro! Não sei se o cara se chocou, ou realmente não esperava que eu reagisse (como 90% dos caboverdianos, era um pouco maior que eu), mas o cara murchou bonitinho e ficou resmungando, em crioulo, com o pobre borracheiro... eu entendi algo como "só por que é da Embaixada"...

Viu, Tante Tullen? Depois reclamam quando a gente usa a imunidade diplomática pra matar uns e outros :P

Outro homem de melissinha!

Esse veio pegar um cheque aqui na Embaixada, e meu assessor para assuntos africanos, o Aquiles, convenceu o cara a deixar eu fotografar. Com vocês, Sufânio!

Close na melissinha:
Engraçado, mas os caboverdianos ficam bastante curiosos com o meu interesse pelo tema, e creio que duvidam que no Brasil esse calçado é coisa de menina... go figure!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Meu presente de Natal!

Estava olhando as novidades do Salão do Livro de Frankfurt e me surpreendi com essa obra... uma boa dica pra todos...

Naked Girls Smoking Weed: The best of 420girls.com!

O que prova minha teoria que tem mercado pra tudo!

Habemus Telephonus!

Instalaram na sexta-feira, depois de muito choro e vela, o nosso telefone! Estamos novamente conectados ao mundo! E tão prometendo que segunda-feira vem o pessoal da Internet :)

Pra não criar um problema com os milhões de leitores deste blog ligando simultâneamente , vou mandar um email pra todos os interessados com o novo telefone... se vc for interessado e não receber nada até amanhã, é porque eu esqueci... mandem um email pra mim que eu mando :P

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Meu reino por um espelho!

Aparentemente a coisa mais complicada de se comprar em Cabo Verde (depois de feijão preto... feijão preto é IMPOSSÍVEL nesse momento) é espelho de banheiro.

O nosso apartamento foi entregue sem espelhos nos banheiros, o que não seria um problema se eu não tivesse o péssimo hábito de me pentear e barbear (o que, juntamente com o calor, está me deixando com uma tremenda vontade de mandar o barbeiro passar a maquina geral...).

Anyway, já vão 4 dias procurando em TODAS as lojas de construção que eu pude encontrar e as poucas que tinham espelhos OU tinham espelhos gigantescos, que não iam caber no espaço que eu disponho OU só vendiam o conjunto de banheiro completo, com pia e lampada... ai eu não quero :(

Só posso crer que essa dificuldade toda são restrições do governo local pra frear o consumo de cocaina!

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Padrão ISO 9000

Uma coisa curiosa aqui é a qualidade das construções... quase tudo cai em um de dois padrões... europeu ou chinês... ambos usam a unica forma de tijolo existente na ilha, um bloco de cimento e terra, mas a diferença fica óbvia quandose olham os outros materiais usados e a qualidade do acabamento...

De maneira geral, os obras públicas são no padrão europeu... deve ser herança portuguesa (lembrando que CV era colônia até 75), e dá gosto de ver... acabaram de asfaltar aqui em frente da Embaixada, e chegava a ser impressionante a quantidade de camadas de pedra, cimento e asfalto, e como eram bem assentadas.

Você vê as obras "chinesas" nas casas particulares... o nosso Centro de Estudos Brasileiros é um bom exemplo... bela casa, mas a maçaneta quebrou com 1 mês de uso, o papel de parede está descolando em vários pontos e por ai vai... pequenas coisas, mas que somam...

Graças a Deus nosso condomínio foi feito no primeiro molde :)

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Trânsito maluco...

Não me entendam mal... o trânsito daqui nem se compara em termos de volume a qualquer cidade onde eu tenha dirigido no Brasil... mas é a FORMA da loucura que chama a atenção...

O trânsito aqui parece de cidade pequena... até por que Praia é uma cidade pequena, mas com muito carro (só taxis são quase 1000, pra uma população de menos de 250 mil)... Óbvio que os malditos taxistas atrapalham paca... e é um de dirigir a 30km/h, parar pra conversar com os amigos (numa avenida, as 13hs, cheio de carro parado atras), parar no meio de uma ponte, bloquear a rua pra descarregar a caminhonete (custava estacionar) e por ai vai...

Ai, Jesus! (leia com sotaque português)

primeira visita ao "Dotôr"

Nessa sexta o Gui começou com uma tossezinha chata, e sábado de manhã tava piorzinho... apesar da péssima propaganda dos serviços de saúde de CV, pedimos uma dica à Adriana (uma brasileira, contratada local da Embaixada e que mora no nosso condominio) e fomos numa clínica de pediatria. Fomos atendidos pela Dra. Odete (se bem que eu acho que era Oddeth) e fomos MUITO bem atendidos... Até o Gui gostou dela, e ele é bem dificil pra médicos.

Enfim, hoje o pequeno está bem melhor, e a tosse quase parou... uma excelente primeira impressão.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Futuras aquisições em Cabo Verde

Tudo preso na alfândega, e está a venda... fiquei tentado... Os caras trazem dos EUA (onde tem mais caboverdianos que em Cabo Verde) e não conseguem desembaraçar na aduana... Não sei se vai a leilão ou é venda direta, mas os guardas me disseram que dá pra tirar bem em conta.

Barco:

Mercedão:

Mitsubishi GT 3000:

Um homem de melissinha!!!!

Certas pessoas duvidaram (eu não vou citar nomes, mas foi o Estevão), e tenho certeza que todos querem ver os tais homens que usam melissinha...

Ultimamente andei quase em safaris fotográficos por Praia, buscando os míticos homens de melissinha, e nas vezes em que consegui rastrea-los, não foi possivel documentar, pois ia dar na cara e eles aqui são maiores que eu... não pega bem apanhar na rua...

Mas segunda-feira finalmente consegui! Discretamente, da janela do taxi, tirei fotos de um espécime! Calculo que tinha entre 1,80m e 1,85m e pesava cerca de 100kg. Não foi possível obter medições da caixa craniana. Registro fotográfico/antropológico a seguir:

Vista geral do meliante:
Close da patinha (eu acho que essa em particular era roxo/rosada):

Pracas de Kabu Verdi - parte 1

Tem umas placas bem toscas aqui... e pra mostrar o quanto eu tirei fotos.... Aguardem novas edições das Pracas de Kabu Verdi!

Essa é no caminho da Praia Baixa... CENPRI doeu na vista... Política é feio de se ver aqui tbm :)


Essa é uma propaganda do Governo contra a Aids (SIDA) e o consumo de alcool. Triste! Fora o besouro no queixo da menina e a discoteca de pobre ao fundo, a pobrezinha ainda tá com a maior cara de que o "filing" dela é chouriço (o que não deixa de ser natural) :P Eu tenho CERTEZA que eles queriam dizer "Feeling".


Loja chinesa (tem aos montes aqui). The Waiting Shop! E não espere não, pra vc ver!


Dr. Sakis e Bailarinas - Eu acho que deve ser o equivalente caboverdiano do bonde das popozudas... detalhe pro uniforme anos 80 das meninas... a Kylie Minogue não tem uma roupa dessas? (meu Deus, como EU sei disso?)