sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Elas ADOOORAM brasileiros...

Quando fomos no cinema, a única opção de lanche lá dentro era a pipoca doce e colorida que vendem por aqui... eu não curto muito, mas o Gui gosta, e a Neda é doente por QUALQUER pipoca...

Entramos com um grupo grande, todos casais, Gui nos ombros, subimos pro balcão e eu voltei pra comprar a pipoca... o diálogo foi mais ou menos assim:

EU: Oi... quanto custa a pipoca?
Vendedora 1: 20 escudos.
EU: Queria 4, por favor...


Vendedora 2
passa quatro filtros de café, daqueles da Wallita, pra vendedora 1, que começa e encher e me passar...


EU:
Isso são filtros de café?
Vendedora 2: Sim, isso mesmo...
EU: Não era mais barato comprar saquinhos?
Vendedoras: Silêncio e cara de "hein"?
EU: Sabe, aqueles pequenos... cabe menos pipoca e deve ser mais barato... afinal, esses aqui servem pra passar café!
Vendedora 2: (Do nada) Você é brasileiro?
EU: Sou...
Vendedora 2: Eu ADOOORO brasileiro...
EU: ah, obrigado (sorrindo amarelo)

Sinceramente, sai sem saber se tinha sido outra cantada ou se era uma ironia, do tipo: Esses brasileiros malucos...

8 comentários:

Rodrigo disse...

Peraí. Pelo que entendi, o ingresso mais barato para o cinema dá para comprar 12,5 saquinhos (ou coadores) de pipoca! Aqui, dá para uns dois ou três, e olhe lá.

Helga disse...

Nops,

Na verdade foi um "vou te elogiar pra ver se você esquece deste assunto maluco, porque só brasileiro mesmo para vir aqui me encher sobre o modo como fazemos as coisas".

Muitas vezes me acomete de querer comentar qualquer coisa e eu logo me seguro pois sei que acontecerá episódios como estes.

Se a Neda gosta tanto assim de pipocas ela ficaria louca com uma casa de pipocas de Chicago. Sabe aquele misturador de cimento? Ou uma máq de lavar roupa com porta na frente, era a tal máq que misturava coisas como manteiga e açúcar ou outras coisas nas pipocas. E havia filas enormes por lá. Eu no meio. :D hihihih hmmmmmm

João Marcelo disse...

Rodrigo...

É porque milho é uma das 2 ou 3 coisas que se propoduz aqui... se pipoca fosse de outra coisa, era bem mais cara...

Diário da África disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diário da África disse...

Companheiro,
Descobri o seu blog pq vc descobriu o meu.
Já está nos favoritos.
Gosto muito do seu jeito de escrever e o Pezinho virou leitura obrigatória.
abs

Afonso Loureiro disse...

E pensar que os filtros de café são tão difíceis de encontrar em Luanda...

João Marcelo disse...

Afonso,

Se tiver dificil assim manda um email com teu endereço que eu mando uns pra vc :)

Ou posso recomendar a solução brasileira? Coador de pano... sempre achei o café no coador o mais gostoso :)

Helga disse...

Mas que papo de comadre, hein!! :)