sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Ainda sobre os nomes...

Tem um tempo que eu queria escrever sobre o esquema nome da igreja/nome de casa, mas sempre esquecia... mas o Rodrigo e a Helga perguntaram no blog da Neda sobre a confusão que isso gera e eu tinha de acrescentar algo ao debate :)

Sim, dá uma confusão danada... vale lembrar que até uns 10/15 anos aqui era como Portugal, e todo mundo tinha nome normal (Manuel, Joaquim, Raimundo, José, Maria, Rosa, Aparecida, Ana, etc...), salvo um ou outro cujo pai ia morar/tinha morado nos EUA e ficava criativo...

E como isso aqui é uma ilha onde quase todo mundo é primo, tem um número limitado de sobrenomes... A família Pina, por exemplo, é IMENSA! Ou seja, poucos nomes e sobrenomes geravam uma multidão de homônimos. José da Silva é piaba perto daqui... O tal "nome de casa" é essencial pra reconhecer as pessoas.

Então, quando você lê no jornal o obtuário do pessoal mais velho, é MUITO interessante, por que é algo como: "Faleceu Maria José de Pina, conhecida como Nhá Coquete, esposa de José Maria de Pina, conhecido como Nhô Pimpão e mãe de Antônio de Pina e Ana de Pina, e que trabalhou muito tempo na funerária Descanso Eterno e morava na casa amarela na rua por trás da Venda da Dona Aninha, no bairro do Plateau, Ilha de Santiago, Praia. Missa amanhã as 9:00h"

Parece exagero, mas eu vou pegar uns que eu tenho por aqui colecionados e posto depois...

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Nomes em Cabo Verde

A Neda aproveitou pra explicar hoje no BLOG DELA a questão dos nomes aqui em Cabo Verde... resumindo, quase todo mundo aqui é super-herói, e tem uma identidade secreta... leiam lá!

Fininha 2, A Missão!

Como já comentei, rolou um desconforto aqui em casa, por conta de uma comida requentada... A Neda já se recuperou, mas eu tive de ontem pra hoje uma noite de rei, e acabei não indo trabalhar hoje....

Sabe aquela piada bem velha do "qual a coisa mais rápida que existe"? Realmente não é nem a luz nem o pensamento...

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Minha internet é do caralho!

Desde que instalaram, eu tava usando pouco, por que passo o dia no computador no trabalho e não tinha saco de ficar em casa também. Mas esses dias decidi atualizar o antivirus e voltar a fazer meus downloads de lei... (falando nisso, Cristian, vc ainda tá lendo "The Walking Dead"? WOW! Fenomenal!)

Anyway, fui baixar o novo anti-virus... 50 megas! Pra minha surpresa, o download durou menos de 1 minuto e meio! Tava baixando acima de 500kbps o tempo todo! E meus downloads, que normalmente demoram, tavam chegando na metade do tempo, no Emule, que é uma plataforma mais lenta! Nada mal mesmo, provavelmente bem mais de 2x mais rápido que meu pacote de 2 megas no Brasil (que seria a velocidade contratada aqui tbm)... Fale o que quiser de CV, mas a Internet é bem rápida.

Black Hawk Down!

Eu e a Neda estamos baqueados... e por nossa culpa! Também, quem manda comer no jantar o almoço de 2 dias antes, especialmente quando o almoço era macarrão com salmão (PEIXE!) e queijos (LATICINIOS!). Basicamente as duas coisas mais certas pra estragar rápido e deixar alguem no estaleiro.

A Neda dormiu e amanheceu mal, eu só fui ficar mal depois do almoço (Alias, que almoço? A cheiro da comida me deu nauseas e eu preferi nem comer). Agora ela está melhor, mas eu ainda estou bem tonto e com dor de cabeça... :(

terça-feira, 28 de outubro de 2008

As cores de Cabo Verde

Aqui em CV eu já reparei que a disponibilidade de tintas de parede não é muito grande... Não existe um catalogo gigantesco da Suvinil ou equivalente, com N tons de Branco e X tons de amarelo... O que se vê muito são galões de tinta branca e corantes variados, ou no máximo as cores básicas prontas. Então neguinho compra branco e corantes, começa a misturar e haja imaginação!

Isso resulta numa explosão de cores nos bairros mais novos que parece um cruzamento de escola de samba com passeata do orgulho gay, liderado pelo Joãozinho Trinta depois de tomar umas doses de LSD. No Palmarejo, onde moramos, é um caso sério... tem casa roxa beringela, amarelo ovo, verde bandeira, vermelho calcinha-de-puta e azulão, e quaisquer variações dessas cores que nossas mentes doentes consigam imaginar! Isso quando a casa não pega 3 ou 4 dessas cores e mistura tudo... colunas amarelas, paredes roxas e janelas azúis! Eu já vi... breve fotos

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Transação suspeita

Quinta-feira, 15:30h, um terreno baldio nos arredores da feira de sucupira....

Um pequeno grupo (2 homens e 3 mulheres) se aproxima de um senhor de meia idade. Reproduzo a seguir parte da conversa:

Lider do grupo (LG): Tudo bem? E o produto está bom?
Senhor de Meia Idade (SMI): Está ótimo, precisam de quanto?
LG: Um segundo... (virando para o grupo) - Vocês querem o que? Precisa de quanto? (virando de volta pro SMI) - Olha, vão ser 7, e o que chegou de novo?
SMI: Olha aqui... chegou ontem... quer um pouco?
LG: Esse é do bom mesmo?
SMI: É do melhor... melhor que esses só o angolano, e nessa época do ano vc já sabe...
LG: Eu não quero, ainda tenho em casa do angolano... (para o grupo) - E vocês? (para o SMI) - Olha, fecha um pacote ai pra eles...

A conversa continua, e apesar do tom escuso e do local estranho, era nada mais que eu, o Ricardo (o tal lider do grupo), Paula, Rosa e Adriana comprando carne com o Timóteo, o atacadista que atende quase todo o mercado da cidade...

O local é bem estranho, um monte de containers refrigerados no meio de um descampado, e o Timóteo não gosta muito de vender de pouco, mas ficou amigo do pessoal da Embaixada e vende pra gente... é a melhor carne que se encontra em CV (carne brasileira!) e tem garantia de estar congelada o tempo todo (os supermercados aqui as vezes desligam as geladeiras a noite...), além de você poder escolher as frutas antes dos mercados. Gastei 85 euros em carne e frutas, mas estamos garantidos por mais de um mês, e ainda comprei 2 kilos de camarão tigre dentes-de-sabre gigante do Vietnã... bonito mesmo, imenso (só é menor que o angolano), e segundo me contam, pescados um a um por monges cegos naquelas ilhas do litoral, onde fazem os filmes do 007 e aquele do Di Caprio, "A Praia". (OK, eu estou inventando isso... mas que são uns belos camarões gigantes, isso são!)

domingo, 26 de outubro de 2008

Video do apartamento

A Neda postou no blog dela, o CASINHA DE SAPÊ um video do apartamento como está agora... bem legal, e bem completo :) Deem uma olhada e comentem a decoração :)

Para ir direto pro post do video é BASTA CLICAR AQUI

Nosso endereço no Google Earth!

E na terra mesmo, por que não dizer... nossas coordenadas são 14º54'20.01" Norte e 23º31'40.71" Oeste

A foto de Praia é um pouco antiga e subiram várias construções na area desde então, mas o condomínio está lá :)

Primeira partida de Warhammer no noroeste da África!

Ontem veio aqui em casa o Andrew, um colega americano que está em Cabo Verde com o Peace Corps. A gente tem o mesmo vício, miniaturas, e ele trouxe as dele pra uma partida... Deu empate, mas valeu pela experiência :)

Agora com fótio!


sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Reading update...

Li dois livros legais, e comecei um terceiro que promete...

Bastidores da Diplomacia: O Bife de Zinco e outras histórias - Guilherme Luiz Leite Ribeiro - O livro em si pode ser um pouco cansativo, pois o autor em alguns momentos cai na armadilha de citar trocentos livros e "palestrar" sobre a natureza da diplomacia, mas vale pelas histórias no final (e as vezes dentro) de cada capítulo... podia ter sido menos inocente, e ter histórias mais recentes, mas me fez rir alto em vários momentos...

Limpeza de Sangue
- Arturo Perez-Reverte - Mais uma aventura do Capitão Alatriste... excelente como sempre :)

Estou lendo agora Os Saqueadores, de Iain Lawrence... o livro tem uma coisa de Ilha do Tesouro que eu estou adorando... ganhou um monte de prêmios nos EUA, e é dos mais indicados pra leitores jovens... eu estou achando violento e sômbrio pra caramba, e adorando :)

Habemus Internetum!

Estamos com internet desde quarta-feira! Viva! E ontem fiz o upgrade para o plano mega-power-plus da CV Multimédia (é assim que escreve mesmo, eu também estranhei). Pra se ter uma ideia, em casa eu tenho a mesma capacidade de internet da Embaixada toda...

E olha que a Embaixada ficou mais de 2 dias sem internet essa semana :)

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Update do pneu (ou, O PIOR Borracheiro do Mundo)

Deixei hoje de manhã o carro no posto aqui perto da Embaixada, mesmo lugar onde tinha consertado o pneu no domingo, e aparentemente tudo ia bem... explico que trabalho na embaixada e peço pro tio me chamar quando terminar o serviço, pra que eu pagasse.

Anyway, 11:15 me chamam, e eu vou com o cara ver o carro... no caminho (uns 50ms ) ele fala que tinha achado melhor colocar uma câmara de ar no pneu, por segurança, mas que tava perfeito agora. Beleza... pago o serviço (2500 escudos, incluindo câmara, conserto e lavagem, contra os 500 que eu tinha pago no domingo) e pego o carro pra deixar perto da embaixada... saindo do posto noto um barulho, volto e comento.

O cara entra embaixo do carro e sai com uma pedra, que segundo ele deve ter ficado presa em cima do protetor de carter. Ótimo... vou saindo e o mesmo barulho... coloco o cara dentro do carro, ele constata o barulho e pede pra irmos no outro posto, pois aquele não tinha a maquina pra levantar o carro.

Chegando no outro posto, eu olho melhor o pneu e noto que a calota tá solta, retiro a bendita e noto que o pneu em questão está quase solto, pois o FILHO DA PUTA não tinha apertado os parafusos! Isso quase na hora do almoço! E se eu tivesse posto o Guilherme no carro, e a porcaria da roda tivesse saltado fora?

Óbvio que eu soltei os cachorros no cara, e ele só pedindo calma... aperta os parafusos e a gente volta pro outro posto pra ele trocar as rodas e fechar o serviço. Ai ele pega a roda certa e pede uns momentos... e sai com ela! Ai pega a outra e mesma coisa... eu me emputei e sai atrás, e ele explica que ia por ar não sei aonde...

Pra resumir, o cara me cobrou o serviço sem fazer NADA, não pos câmara de ar nenhuma, tinha posto o pneu furado no porta-malas e tava tentando me enrolar... eu inchei pra cima do sacana, e quando peguei o telefone pra ligar pra polícia o cara começou a falar fino, devolveu o dinheiro e começou a culpar o outro borracheiro, que tinha consertado o pneu no domingo!

Juro que se tivesse uma arma eu tinha posto essa tal imunidade diplomática a prova...

Detalhe... levei o pneu no outro serviço de borracharia que tem, MUITO bom, todo mecanizado, o conserto ficou ótimo e paguei 350 escudos!

O maior número de brancos reunidos no mesmo canto que eu já vi em CV

O título diz tudo! Segue a foto.

Pracas de Kabu Verdi - parte 2

Essa primeira eu tive de tirar a foto... 5 palavras, 2 erros de gramática e 1 de concordância! Fora de série! Mas as mochilas eram até bem legais, e baratinhas mesmo :P

Essa segunda é mais uma da campanha do Governo contra a SIDA (Aids). Não tem nada errado nela, mas eu adorei a pose da moça, e a cara de mistério: "sim, eu me testei e agora sei se tenho SIDA, OU NÃO! Wanna try your luck, big boy?"

Reduzindo a temperatura do processador

Sábado eu fui cortar o cabelo, mas tava TÃO quente que eu não resisti e mandei tirar tbm a barba.

Antes:
Durante:
Depois:

Trabalhos forçados (com vídeo!)

Decidimos que o Guilherme tem de começar a ajudar no orçamento de casa. Como ele não tem nenhuma qualificação (fora ser fofo, mas isso tem pouco uso no mercado local), consegui pra ele um emprego carregando pedras, pagando salário mínimo. Fotos a seguir:

Agora o vídeo:

video

Pneus furados...

Eu já comentei em outros posts que Praia está um canteiro de obras, e acho que já falei tbm que as ruas aqui não são as melhores que eu já conheci, mas até agora tava tudo bem...

Só que de sábado pra hoje já tive 2 pneus furados... parece que as boas vindas acabaram :P

O primeiro foi vítima de um prego insidioso que não só furou, mas dobrou-se e furou de novo a borracha... 1 prego, 2 furos! Foto do meliante abaixo:

O segundo eu desconfio que pode ter sido um péssimo reparo, pois o mesmo pneu esvaziou 2 dias depois...

Anyway... acho que agora vai :) O curioso é que o furo do pneu também marcou meu primeiro bate boca feio em Cabo Verde... depois de reparado o pneu entrei na fila pra calibrar, e quando finalmente está chegando minha vez, um doido chega com o carro, avança por fora da fila, vai pegando o calibrador e, "ajudando", calibra o meu pneu. O borracheiro tenta pegar o calibrador pra igualar os outros três e o cara não deixa, diz que tá com pressa e vai calibrar o dele. Sol quente, domingo perdido, pouca paciência, baixou o Capitão Nascimento em mim... tomei o calibrador, entreguei pro borracheiro e disse umas poucas e boas pro cara sobre esperar na fila, entremeados por uma gama de palavrões digna de um bom marinheiro! Não sei se o cara se chocou, ou realmente não esperava que eu reagisse (como 90% dos caboverdianos, era um pouco maior que eu), mas o cara murchou bonitinho e ficou resmungando, em crioulo, com o pobre borracheiro... eu entendi algo como "só por que é da Embaixada"...

Viu, Tante Tullen? Depois reclamam quando a gente usa a imunidade diplomática pra matar uns e outros :P

Outro homem de melissinha!

Esse veio pegar um cheque aqui na Embaixada, e meu assessor para assuntos africanos, o Aquiles, convenceu o cara a deixar eu fotografar. Com vocês, Sufânio!

Close na melissinha:
Engraçado, mas os caboverdianos ficam bastante curiosos com o meu interesse pelo tema, e creio que duvidam que no Brasil esse calçado é coisa de menina... go figure!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Meu presente de Natal!

Estava olhando as novidades do Salão do Livro de Frankfurt e me surpreendi com essa obra... uma boa dica pra todos...

Naked Girls Smoking Weed: The best of 420girls.com!

O que prova minha teoria que tem mercado pra tudo!

Habemus Telephonus!

Instalaram na sexta-feira, depois de muito choro e vela, o nosso telefone! Estamos novamente conectados ao mundo! E tão prometendo que segunda-feira vem o pessoal da Internet :)

Pra não criar um problema com os milhões de leitores deste blog ligando simultâneamente , vou mandar um email pra todos os interessados com o novo telefone... se vc for interessado e não receber nada até amanhã, é porque eu esqueci... mandem um email pra mim que eu mando :P

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Meu reino por um espelho!

Aparentemente a coisa mais complicada de se comprar em Cabo Verde (depois de feijão preto... feijão preto é IMPOSSÍVEL nesse momento) é espelho de banheiro.

O nosso apartamento foi entregue sem espelhos nos banheiros, o que não seria um problema se eu não tivesse o péssimo hábito de me pentear e barbear (o que, juntamente com o calor, está me deixando com uma tremenda vontade de mandar o barbeiro passar a maquina geral...).

Anyway, já vão 4 dias procurando em TODAS as lojas de construção que eu pude encontrar e as poucas que tinham espelhos OU tinham espelhos gigantescos, que não iam caber no espaço que eu disponho OU só vendiam o conjunto de banheiro completo, com pia e lampada... ai eu não quero :(

Só posso crer que essa dificuldade toda são restrições do governo local pra frear o consumo de cocaina!

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Padrão ISO 9000

Uma coisa curiosa aqui é a qualidade das construções... quase tudo cai em um de dois padrões... europeu ou chinês... ambos usam a unica forma de tijolo existente na ilha, um bloco de cimento e terra, mas a diferença fica óbvia quandose olham os outros materiais usados e a qualidade do acabamento...

De maneira geral, os obras públicas são no padrão europeu... deve ser herança portuguesa (lembrando que CV era colônia até 75), e dá gosto de ver... acabaram de asfaltar aqui em frente da Embaixada, e chegava a ser impressionante a quantidade de camadas de pedra, cimento e asfalto, e como eram bem assentadas.

Você vê as obras "chinesas" nas casas particulares... o nosso Centro de Estudos Brasileiros é um bom exemplo... bela casa, mas a maçaneta quebrou com 1 mês de uso, o papel de parede está descolando em vários pontos e por ai vai... pequenas coisas, mas que somam...

Graças a Deus nosso condomínio foi feito no primeiro molde :)

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Trânsito maluco...

Não me entendam mal... o trânsito daqui nem se compara em termos de volume a qualquer cidade onde eu tenha dirigido no Brasil... mas é a FORMA da loucura que chama a atenção...

O trânsito aqui parece de cidade pequena... até por que Praia é uma cidade pequena, mas com muito carro (só taxis são quase 1000, pra uma população de menos de 250 mil)... Óbvio que os malditos taxistas atrapalham paca... e é um de dirigir a 30km/h, parar pra conversar com os amigos (numa avenida, as 13hs, cheio de carro parado atras), parar no meio de uma ponte, bloquear a rua pra descarregar a caminhonete (custava estacionar) e por ai vai...

Ai, Jesus! (leia com sotaque português)

primeira visita ao "Dotôr"

Nessa sexta o Gui começou com uma tossezinha chata, e sábado de manhã tava piorzinho... apesar da péssima propaganda dos serviços de saúde de CV, pedimos uma dica à Adriana (uma brasileira, contratada local da Embaixada e que mora no nosso condominio) e fomos numa clínica de pediatria. Fomos atendidos pela Dra. Odete (se bem que eu acho que era Oddeth) e fomos MUITO bem atendidos... Até o Gui gostou dela, e ele é bem dificil pra médicos.

Enfim, hoje o pequeno está bem melhor, e a tosse quase parou... uma excelente primeira impressão.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Futuras aquisições em Cabo Verde

Tudo preso na alfândega, e está a venda... fiquei tentado... Os caras trazem dos EUA (onde tem mais caboverdianos que em Cabo Verde) e não conseguem desembaraçar na aduana... Não sei se vai a leilão ou é venda direta, mas os guardas me disseram que dá pra tirar bem em conta.

Barco:

Mercedão:

Mitsubishi GT 3000:

Um homem de melissinha!!!!

Certas pessoas duvidaram (eu não vou citar nomes, mas foi o Estevão), e tenho certeza que todos querem ver os tais homens que usam melissinha...

Ultimamente andei quase em safaris fotográficos por Praia, buscando os míticos homens de melissinha, e nas vezes em que consegui rastrea-los, não foi possivel documentar, pois ia dar na cara e eles aqui são maiores que eu... não pega bem apanhar na rua...

Mas segunda-feira finalmente consegui! Discretamente, da janela do taxi, tirei fotos de um espécime! Calculo que tinha entre 1,80m e 1,85m e pesava cerca de 100kg. Não foi possível obter medições da caixa craniana. Registro fotográfico/antropológico a seguir:

Vista geral do meliante:
Close da patinha (eu acho que essa em particular era roxo/rosada):

Pracas de Kabu Verdi - parte 1

Tem umas placas bem toscas aqui... e pra mostrar o quanto eu tirei fotos.... Aguardem novas edições das Pracas de Kabu Verdi!

Essa é no caminho da Praia Baixa... CENPRI doeu na vista... Política é feio de se ver aqui tbm :)


Essa é uma propaganda do Governo contra a Aids (SIDA) e o consumo de alcool. Triste! Fora o besouro no queixo da menina e a discoteca de pobre ao fundo, a pobrezinha ainda tá com a maior cara de que o "filing" dela é chouriço (o que não deixa de ser natural) :P Eu tenho CERTEZA que eles queriam dizer "Feeling".


Loja chinesa (tem aos montes aqui). The Waiting Shop! E não espere não, pra vc ver!


Dr. Sakis e Bailarinas - Eu acho que deve ser o equivalente caboverdiano do bonde das popozudas... detalhe pro uniforme anos 80 das meninas... a Kylie Minogue não tem uma roupa dessas? (meu Deus, como EU sei disso?)

Na praia de Praia

Praia tem um porto urbano, como o de Fortaleza... só que a cidade é BEM menor, então as praias urbanas não são as melhores pro banhistas, por causa da poluição... até tem umas praias interessantes, quase praias particulares, perto dos hoteis de luxo... ainda não fui lá, mas visitarei eventualmente...

Mas nesse fim de semana fomos a uma das praias mais populares daqui da área, a Praia Baixa. Nada mal mesmo... tem até barracas de praia e guarda-sol :) A areia é bem escura, pois a ilha toda é vulcânica... e o mar tava meio turvo porque tinha chovido de manhã cedinho... normalmente a agua é bem azul :)

Agora fotos:



terça-feira, 7 de outubro de 2008

Marca Forte

Se dependesse de mim, a marca "Brasil" tava ferrada... eu não tenho NADA que tenha "Brasil" escrito e salvo minhas havaianas, não creio ter nada com a bandeira também...

Mas aqui nas ilhas a marca mais forte é, com certeza, o nome do país... TODO MUNDO tem uma camisa, uma calça, um boné, saia ou toalha com "Cabo Verde" escrito ou com a estampa da bandeira e é raro uma loja não ter um produto assim... é aposta certa aqui :)

CD-04-666!

Ontem tirei o carro (finalmente!) do porto! Saiu com placa e tudo... tudo bem, não era a 666, mas era a 612 ;) Ainda bem, porque se fosse 666 eu só ia poder tocar Black Sabbath no carro e só ia me vestir de preto!

Aqui funciona assim... CD é corpo diplomático (óbvio), 04 é porque o Brasil foi o quarto país a reconhecer a independência de Cabo Verde, e o 612 é a numeração geral de carros CD no país.

A única coisa ruim é que a bateria descarregou depois de 2 meses sem usar, e mandei ver isso... hoje devo pegar pra sair na rua... agora que tenho meu carrinho, vou começar a atropelar geral... CD aqui não pode nem ser parado pela polícia. Tenham medo!

UPDATE: Acabei de pegar o carro... não era a bateria! A bomba de gasolina tava entupida depois de quase 2 meses e meio sem uso... (saiu de BSB dia 24/07 e retirei aqui dia 6/10). 80 reais pelo serviço mais peça nova, e já vim dirigindo...

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Orgulho do papai!

Dindo Cris, essa é pra você!

Ontem o Guilherme pediu, pela nona ou décima vez essa semana, pra assistir Serenity! O mais engraçado é que ele pede pelo nome...

Pra quem não é o Cristian ou eu, ou ainda minimamente geek, uma digressão: Serenity é um filme baseado na série de TV Firefly, criada pelo Joss Whedon, o mesmo criador de Buffy, The Vampire Slayer e Angel. A série teve 1 ano de exibição pela Fox e foi cancelada, mas a pressão dos fans foi tanta que conseguiram fazer um filme, "fechando" a história com chave de ouro (e cá entre nós, o filme é legal pra caralho). O cara também escreveu uma das melhores fases recentes dos X-Men (se bem que com o John Cassaday desenhando fica fácil) e foi indicado ao Oscar de melhor roteiro original pelo primeiro Toy Story. Joss Whedon é FODA!

Continuando... quando eu comprei o DVD novo, usei o disco de Serenity pra testar, arrumar imagem, etc... deve ter passado uns 5-6 minutos só, e o Guilherme perguntou "Pai, que é isso?. Eu disse que era um filme de nave... No fim da tarde ele pediu pra ver o "filme de nave". No dia seguinte ele já sabia o nome (ok, ele diz seenii, mas dá uma folga, ele só tem 2 anos) e hoje ele já conhece os trechos do filme e tenta acompanhar algumas falas, em inglês mesmo!

Meu coração de pai só poderia ficar mais orgulhoso se o Gui decidisse gostar mais de Shrek 2 em vez de Shrek 3 (que é bem ruinzinho).

Ou talvez se a professora me chamasse na escola pra reclamar que ele está tentando fazer duas coleguinhas se beijarem... ai eu dava um carro pro menino e alugava um flat pra ele!

Mim, Tarzan... Você, atendente do supermercado...

Ontem tive um daqueles momentos "estamos mesmo falando a mesma lingua?" (só pra constar, não, não estamos... NUNCA estamos).

Dona Neda entra no corredor do sabão em pó... trocentos produtos das mais variadas origens pra escolher, e ela escolhe um pacotão de Ariel, comuns 4 ou 5 quilos... Como não tem preço, eu levo pra perguntar no caixa... reproduzo a seguir o dialogo:

EU: Você pode ver quanto custa isso?
CAIXA: Não tem preço...
EU: ahn?
VIGIA: Não tem preço...
EU: ahn? É de graça?
CAIXA: Não...
EU: Então, não pode comprar?
CAIXA: (finalmente passando o produto no leitor de barras) Não tem preço ainda...
EU: Então pra que essa porra tá na prateleira?
VIGIA: Esse, esse, aquele, este aqui, esse e aquele lá ainda não tem preço... (tipo, 2/3 do corredor, e todos os bons) O sr. pode comprar aqueles 2 ali... (dois bem pé rapado, diga-se de passagem)
EU: Nesse caso deixa pra lá... (e pensando "vai tomar no seu c*, seu fuleiragem")